PUBLICIDADE
Topo

Policial da Rota de folga é assassinado após levar tiros de fuzil em SP

Luís Adorno e Patrick Mesquita

Do UOL, em São Paulo

20/06/2020 13h51

Um policial militar da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) foi morto hoje de manhã após ser atropelado e levar ao menos três tiros de indivíduos armados com fuzis. O cabo Jefferson Ferreira deixava a garagem de sua casa, no Jardim Helena, na zona leste de São Paulo, no momento em que foi alvejado.

Segundo a PM (Polícia Militar), Ferreira, que integrava o 1º Batalhão de Choque, chegou a ser levado para o hospital Santa Marcelina, mas não resistiu. Os indivíduos fugiram e não foram encontrados até a publicação desta reportagem. O caso está sob investigação.

O policial estava de folga e deixava a garagem de casa em sua moto por volta das 6h quando foi atropelado por um veículo com três indivíduos dentro. O crime foi filmado por uma câmera de segurança.

Todos usavam coletes à prova de bala e portavam fuzis. Ele foi atingido por pelo menos três tiros, um no maxilar, um no abdômen e outro na perna.

Após a morte de Ferreira, policiais pediram reforço na atenção das patrulhas e orientaram que as rondas sejam feitas com duas viaturas. Segundo apuração do UOL, alguns policiais acreditam na possibilidade de uma ação coordenada do PCC (Primeiro Comando da Capital).

Segurança pública