PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês
Queda de árvore sobre carro mata uma mulher na zona Sul de São Paulo

Siga o UOL no

Do UOL, em São Paulo

01/12/2020 14h50Atualizada em 01/12/2020 19h07

Uma mulher morreu hoje depois que uma árvore caiu sobre o carro em que ela estava, na Vila Mariana, zona sul de São Paulo. No total, quatro pessoas ficaram presas nas ferragens. Duas crianças, de 8 e 10 anos, foram as primeiras a serem retiradas e atendidas pelos bombeiros. Um homem foi levado para o Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas após o resgate.

O acidente foi na Rua Dr. Thirso Martins, altura do número 32, durante um temporal. Logo no início da tarde, parte da capital entrou em estado de atenção para alagamentos pelo segundo dia consecutivo.

Ao todo, os bombeiros atenderam quatro chamados para enchentes, um para desabamento e 63 para quedas de árvore na Grande São Paulo.

Mais cedo, no Ipiranga, também na zona sul, outra árvore caiu sobre um veículo com passageiros. Um fio energizado atrapalhou o trabalho dos bombeiros, mas as duas vítimas foram retiradas de dentro do carro sem ferimentos graves.

Atualizando os dados estatísticos da 00h00 às 15h50 de acionamentos para o CB na região metropolitana de:
Enchente: 04 ( Moema, Carapicuíba, Ipíranga e Moema )
Desabamento: 01 ( Santo André )
Queda de árvores / iminência: 63 (Vila Mariana, Ipiranga, Jabaquara, Cidade Ademar)

-- 193-Bombeiros PMESP (@BombeirosPMESP) December 1, 2020

Nas redes sociais, moradores do Alto do Ipiranga, Saúde e Vila Mariana relataram chuva forte na região. Nos Jardins, choveu granizo.

Alagamentos nas zonas Norte, Oeste, Leste e Sudeste

De acordo com informações do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas), as zonas Norte, Oeste, Leste, Sudeste e Centro enfrentaram fortes chuvas a partir das 13h40, mas o alerta foi encerrado às 16h26 para toda a cidade.

Às 15h32, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) alertou usuários sobre a operação parcial da linha 10-Turquesa por alagamento na via. Vinte minutos depois, o problema foi resolvido e a operação normalizada.

O CGE registrou sete pontos de alagamentos na capital —inclusive em vias movimentadas como a Marginal Pinheiros, na região do Alto de Pinheiros, zona oeste; a 23 de maio, na zona sul; e a Avenida Celso Garcia, na Mooca, zona leste. Por volta das 19h, a água já havia baixado em todos esses locais.

Cotidiano