PUBLICIDADE
Topo

Ibope: Prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves mantém liderança com 30%

Hildon Chaves (PSDB), atual prefeito de Porto Velho, é candidato à reeleição - Agência Brasil/Divulgação
Hildon Chaves (PSDB), atual prefeito de Porto Velho, é candidato à reeleição Imagem: Agência Brasil/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

28/10/2020 19h19Atualizada em 28/10/2020 21h04

Candidato à reeleição em Porto Velho (RO), o prefeito Hildon Chaves (PSDB) se mantém em primeiro lugar na pesquisa Ibope de intenção de votos. Chaves cresceu sete pontos desde a última pesquisa, e aparece hoje com 30% das menções dos entrevistados.

Tecnicamente empatados em segundo lugar aparecem Vinicius Miguel (Cidadania), que oscilou positivamente de 12% para 16%, e Cristiane Lopes (PP) que oscilou positivamente um ponto, chegando a 10%. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

Os 504 eleitores foram entrevistados por telefone entre os dias 26 e 28 de outubro. O nível de confiança é de 95%, ou seja, é essa a probabilidade de refletir os resultados caso a eleição acontecesse hoje.

Como a pesquisa foi realizada antes de a renúncia da candidatura de Ted Wilson ser protocolada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), seu nome ainda constava no disco apresentado aos entrevistados, mas não foi citado por nenhum deles. Pastor Leonardo Luz passou a ser o candidato pelo PRTB.

Como a renúncia à foi protocolada no TSE após o registro dessa pesquisa, seu nome ainda constava no disco apresentado aos entrevistados, porém, não foi citado por nenhum deles.

Aqueles que declaram intenção de votar em branco ou anular somam 10% (eram 16%) e os que não sabem ou preferem não responder são 6% do eleitorado (eram 10%).

Evolução

  • Hildon Chaves (PSDB) foi de 23% para 30%
  • Vinícius Miguel (Cidadania) foi de 12% para 16%
  • Cristiane Lopes (PP) foi de 9% para 10%
  • Dr. Breno Mendes (Avante) foi de 7% para 6%
  • Lindomar Garçon (Republicanos) se manteve em 6%
  • Pimentel (MDB) foi de 4% para 6%
  • Coronel Ronaldo Flores (Solidariedade) se manteve em 5%
  • Ramon Cujuí (PT) foi de 1% para 2%
  • Sargento Eyder Brasil (PSL) foi de 3% para 1 %
  • Leonel Bertolin (PTB) se manteve em 1%
  • Samuel Costa (PC do B) se manteve em 1%
  • Pimenta de Rondônia (PSOL) foi de 1% para 0%
  • Edvaldo Soares (PSC) se manteve em 0%
  • Geneci Gonçalves (PSTU) não foi citado na primeira pesquisa e foi para 0%
  • Brancos e nulos foram de 16% para 10%
  • Não sabem ou não responderam foram de 10% para 6%

Rejeição

O candidato com maior índice de rejeição é Lindomar Garçon (Republicanos), com 44%. Neste quesito, a pesquisa questionou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Como era possível dizer mais de um nome, a soma dos percentuais ultrapassa o valor de 100%.

  • Lindomar Garçon (Republicanos): 44%
  • Hildon Chaves (PSDB): 27%
  • Pimentel (MDB): 26%
  • Pimenta de Rondônia (PSOL): 21%
  • Cristiane Lopes (PP): 18%
  • Sargento Eyder Brasil (PSL): 17%
  • Dr. Breno Mendes (Avante): 13%
  • Ramon Cujuí (PT): 13%
  • Coronel Ronaldo Flores (Solidariedade): 10%
  • Ted Wilson (PRTB): 10%
  • Samuel Costa (PCdoB): 9%
  • Vinícius Miguel (Cidadania): 9%
  • Edvaldo Soares (PSC): 8%
  • Geneci Gonçalves (PSTU): 8%
  • Leonel Bertolin (PTB): 7%
  • Poderiam votar em todos: 2%
  • Não sabem ou preferem não opinar: 7%

Segundo turno

Em simulação de provável segundo turno entre Hildon Chaves e Vinícius Miguel — candidatos que tiveram dez ou mais pontos percentuais na primeira pesquisa —, Chaves apresentou vantagem numérica, embora dentro da margem de erro ocorra empate técnico entre os dois.

Intenções de votos brancos e nulos são de 17%, enquanto 3% dos entrevistados não responderam ou não souberam em quem votar.

  • Hildon Chaves (PSDB) 44%
  • Vinícius Miguel (Cidadania): 36%
  • Brancos/Nulos : 17%
  • Não Sabem/ Não Responderam: 3%

A pesquisa foi encomendada pela Rede Amazônica e registrada na Justiça Eleitoral com o número de identificação RO-04876/2020.