PUBLICIDADE
Topo

Ibope no Recife: João Campos lidera com 31%; 2º lugar tem empate entre três

João Campos continua como líder no Recife, com 31% - Rafael Melo/Fotoarena/Folhapress
João Campos continua como líder no Recife, com 31% Imagem: Rafael Melo/Fotoarena/Folhapress

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/10/2020 19h10Atualizada em 29/10/2020 20h19

O candidato João Campos, do PSB, tem 31% das intenções de voto na disputa eleitoral no Recife, segundo aponta pesquisa do Ibope divulgada hoje. Marília Arraes (PT) está com 18%, seguida por Delegada Patrícia (Podemos), com 16%, e Mendonça Filho (DEM), com 13%.

A margem de erro da pesquisa é de três pontos para mais ou para menos. Assim, os candidatos Mendonça Filho, Marília Arraes e Delegada Patrícia estão tecnicamente empatados na segunda colocação.

Brancos e nulos somaram 14%, enquanto pessoas que não sabiam ou não souberam responder em quem votariam somaram 4%.

Confira as porcentagens que cada candidato obteve na pesquisa:

  • João Campos (PSB): 31%
  • Marília Arraes (PT): 18%
  • Delegada Patrícia (Podemos): 16%
  • Mendonça Filho (DEM): 13%
  • Claudia Ribeiro (PSTU): 1%
  • Coronel Feitosa (PSC): 1%
  • Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB): 1%
  • Carlos (PSL): 1%

Os candidatos Charbel, do Novo, e Thiago Santos, do UP, tiveram menos de 1% das intenções de voto. Victor Assis (PCO) não foi citado.

João Campos oscilou para baixo dois pontos percentuais em relação à pesquisa Ibope divulgada em 15 de outubro. Marília Arraes teve mais quatro pontos percentuais, enquanto Delegada Patrícia oscilou três pontos para cima. Mendonça Filho foi quem mais perdeu: cinco pontos percentuais.

Votos brancos e nulos se manteve em 14%, enquanto eleitores que não sabiam ou não souberam responder oscilou de 3% para 4%.

Rejeição

O levantamento também questionou em quais candidatos os eleitores não votariam. Nesse critério, João Campos e Mendonça Filho continuam tecnicamente empatados, com 33% e 30%, respectivamente. 1% disse que poderia votar em todos e 5% não souberam ou preferiram não opinar.

Nesse quesito, as porcentagens de cada candidato foram:

  • João Campos (PSB): 33%
  • Mendonça Filho (DEM): 30%
  • Coronel Feitosa (PSC): 28%
  • Marília Arraes (PT): 21%
  • Delegada Patrícia (Podemos): 20%
  • Carlos (PSL): 18%
  • Charbel (Novo): 18%
  • Thiago Santos (UP): 16%
  • Claudia Ribeiro (PSTU): 14%
  • Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB): 14%
  • Victor Assis (PCO): 14%

Simulações de segundo turno

Líder nas intenções de voto, João Campos levaria vantagem em caso de segundo turno contra Marília Arraes e Mendonça Filho. Considerando possível disputa com a Delegada Patrícia, os dois aparecem tecnicamente empatados por conta da margem de erro.

As simulações de cenários em caso de possível segundo turno são:

  • Delegada Patrícia 38% x 45% João Campos (brancos/nulos, 15%; não sabem ou preferem não responder, 1%)
  • Delegada Patrícia 44% x 39% Marília Arraes (brancos/nulos, 15%; não sabem ou preferem não responder, 1%)
  • Delegada Patrícia 45% x 33% Mendonça Filho (brancos/nulos, 19%. não sabem ou preferem não responder, 2%)
  • João Campos 41% x 34% Marília Arraes (branco/nulos, 24%; não sabem ou preferem não responder, 2%)
  • João Campos 46% x 32% Mendonça Filho (brancos/nulos, 20%; não sabem ou preferem não responder, 5%)
  • Marília Arraes 43% x 34% Mendonça Filho (branco/nulo, 21%; não sabem ou preferem não responder, 2%)
Foram entrevistados 1.001 eleitores de Recife entre os dias 27 e 29 de outubro. A pesquisa Ibope foi contratada pela TV Globo, em parceria com o Jornal do Commercio, e tem 95% de nível de confiança. O levantamento foi registrado no TRE-PE (Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco) sob o nº PE-00353/2020.