PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro não tem que se intrometer na eleição de SP, diz Covas

Lucas Borges Texeira

Do UOL, em São Paulo

19/11/2020 21h40

O prefeito Bruno Covas (PSDB), candidato à reeleição, não mostrou interesse em um possível apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no segundo turno da eleição municipal em São Paulo.

"O Bolsonaro é lá do Rio de Janeiro, acho que não tem que se intrometer na eleição de São Paulo", afirmou Covas antes de participar do debate da Band na noite desta quinta (19), em São Paulo.

"Ele não tem nada que se envolver aqui em São Paulo. Acho que não tem nenhum candidato aqui alinhado com ele", completou Covas.

O tucano já reúne os apoios de Celso Russomanno e do Republicanos, chapa apoiada por Bolsonaro no primeiro turno, e de Joice Hasselmann e do PSL, antigo partido do presidente.

"E daí?", questionou Covas sobre as alianças, após ser confrontado pela imprensa. "Ex-partido dele é ex-partido dele. São pessoas, inclusive, que se decepcionaram com ele."

Juntaram-se ao PSDB ainda o PSD de Andrea Matarazzo e os partidos Solidariedade e Avante, que compunham coligação com Márcio França (PSB). O PDT, vice nesta última chapa, decidiu apoiar Guilherme Boulos (PSOL). Já o PSB ainda não se pronunciou oficialmente.