PUBLICIDADE
Topo

Sou contra a reeleição, mas estou dentro da regra do jogo, diz Covas

O candidato à reeleição Bruno Covas recebe benção durante reunião de líderes da Igreja Assembleia de Deus Madureira - Divulgação
O candidato à reeleição Bruno Covas recebe benção durante reunião de líderes da Igreja Assembleia de Deus Madureira Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

23/11/2020 23h20

Atual prefeito de São Paulo e candidato à reeleição, Bruno Covas (PSDB) disse em entrevista ao Roda Viva de hoje que é contra a reeleição em si, mas que "está dentro da regra do jogo". A declaração foi dada em resposta a um questionamento sobre ele seguir os passos de seus correligionários João Doria e José Serra, que deixaram a administração municipal, em 2018 e 2006, respectivamente, para assumir o governo do estado.

Eu sou contra a reeleição, votei contra quando fui deputado federal. É a regra do jogo, portanto estou dentro da regra do jogo, mas se pudesse escolher, escolheria não ter reeleição no país

Covas declarou que, com as reeleições autorizadas, mandatos no país passaram a ser de oito anos, com possibilidade de troca na metade, e disse ser necessário reconhecer boas iniciativas de gestões anteriores.

A gente precisa parar de pensar política pública de quatro em quatro anos. É um grande desperdício de dinheiro público iniciar uma gestão do zero de quatro em quatro anos

O prefeito declarou que tanto Serra quanto Doria fizeram suas opções e acrescentou: "Inclusive por orientação partidária". Covas era vice de Doria e assumiu a administração municipal quando o correligionário deixou o cargo para disputar o governo paulista na eleição de 2018.

* Colaboraram Felipe Oliveira, Gilvan Marques, João Victor Miranda e Juliana Arreguy