PUBLICIDADE
Topo

Não escondo apoios nem vice como faz Bruno Covas, diz Guilherme Boulos

Colaboração para o UOL*

26/11/2020 11h47Atualizada em 26/11/2020 17h46

Guilherme Boulos (PSOL), candidato a prefeito de São Paulo, afirmou em sabatina realizada pelo UOL em parceria com a Folha que o adversário dele, Bruno Covas (PSDB), esconde as alianças e também o vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB).

"Não escondo posições, como meu adversário faz. Não escondo apoios, como ele esconde o João Doria [PSDB]. Não escondo vice, como ele esconde o Ricardo Nunes. Minha campanha é transparente", disse o candidato, na entrevista comandada pela colunista do UOL Thaís Oyama e pela editora do Núcleo de Cidades da Folha, Luciana Coelho.

O governador João Doria não apareceu no horário eleitoral de Bruno Covas para apoiá-lo. E o candidato a vice-prefeito, Ricardo Nunes, tem sido alvo de críticas por causa de um Boletim de Ocorrência que cita ameaças contra a esposa dele, além de suspeitas de envolvimento com uma máfia das creches. Covas tem defendido Nunes, afirmando que não há nenhum processo contra ele. O prefeito também minimiza a importância de destacar apoios, pois acredita que os eleitores querem saber apenas de propostas.

Guilherme Boulos está atrás de Bruno Covas nas pesquisas de intenções de voto. De acordo com levantamento mais recente divulgada ontem, o tucano aparece com 48% das intenções, 11 pontos percentuais à frente de Guilherme Boulos (PSOL), que tem 37%.

*Colaboraram Allan Brito, Ana Carla Bermúdez, Felipe Oliveira, Leonardo Martins, Lucas Borges Teixeira e Nathan Lopes.

Você utiliza a Alexa? O UOL é o parceiro oficial da assistente de voz da Amazon, com boletins de notícias e dados atualizados das últimas pesquisas eleitorais e dos resultados do 2º turno. Para saber sobre a eleição na sua cidade com a credibilidade do UOL, pergunte: "Alexa, qual é o resultado da pesquisa eleitoral em São Paulo?", por exemplo, ou "Alexa, quem ganhou a eleição no Rio de Janeiro?". Nos encontramos lá!