PUBLICIDADE
Topo

TSE: Justiça Eleitoral troca 713 urnas; seção de SP recorre a voto manual

Guilherme Mazieiro

Do UOL, em Brasília

29/11/2020 10h16Atualizada em 29/11/2020 18h35

A Justiça Eleitoral substituiu 713 urnas eletrônicas em todo o país, durante o segundo turno das eleições municipais, de acordo com boletim divulgado às 18h deste domingo. Este número corresponde a 0,49% do total de 97 mil equipamentos distribuídos pelo país.

Segundo balanço divulgado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a maior parte dos equipamentos (212) foi trocada no estado de São Paulo, o principal colégio eleitoral do país. Uma escola da capital paulista, na 347ª Zona Eleitoral, no bairro de Vila Matilde, precisou recorrer ao voto em papel depois que uma urna eletrônica apresentou problemas.

De acordo com o boletim, além de São Paulo, outros 21 estados registraram troca de urnas. São eles: Acre (1), Alagoas (6), Amazonas (14), Bahia (10), Ceará (61), Espírito Santo (21), Goiás (15), Maranhão (16), Minas Gerais (29), Mato Grosso (11), Pará (14), Paraíba (2), Pernambuco (2), Piauí (9), Paraná (2), Rio de Janeiro (207), Rondônia (7), Roraima (10), Rio Grande do Sul (31), Santa Catarina (12) e Sergipe (21).

Segundo a PF (Polícia Federal), até às 12h de hoje houve cinco flagrantes de crimes eleitorais e 12 pessoas conduzidas pelos agentes. Quatro inquéritos foram instaurados. A corporação não deu detalhes sobre essas ocorrências.

Em todo país 57 municípios têm disputas de segundo turno. Ao todo, 38 milhões de eleitores devem ir às urnas.

Aplicativo e-Título

Ao contrário do que aconteceu no primeiro turno, o TSE informou que o aplicativo e-Título não apresentou instabilidade. Em nota, o tribunal comunicou que 667.714 eleitores justificaram ausência por meio do e-Título até às 17h05 de hoje.

Nos dias de votação, a justificativa de ausência para quem está fora do domicílio eleitoral pode ser feita eletronicamente pelo aplicativo ou em alguma seção eleitoral.

O TSE informou que o site de justificativa não funciona no dia da votação, somente a partir de amanhã. Quem faltar à votação por qualquer motivo tem até 60 dias para justificar pelo aplicativo, site ou presencialmente em cartório. É preciso anexar documento que comprove o motivo da ausência.

O prazo para baixar o aplicativo terminou às 23h59 de sábado. O TSE adotou a medida para evitar congestionamentos nos downloads e lentidão, como aconteceu no primeiro turno.

Você utiliza a Alexa? O UOL é o parceiro oficial da assistente de voz da Amazon, com boletins de notícias e dados atualizados das últimas pesquisas eleitorais e dos resultados do 2º turno. Para saber sobre a eleição na sua cidade com a credibilidade do UOL, pergunte: "Alexa, qual é o resultado da pesquisa eleitoral em São Paulo?", por exemplo, ou "Alexa, quem ganhou a eleição no Rio de Janeiro?". Nos encontramos lá!