PUBLICIDADE
Topo

Irã libera cerca de 70 mil prisioneiros por causa do coronavírus

Bandeira do Irã -
Bandeira do Irã

Do UOL, em São Paulo

09/03/2020 07h36

O Irã libertou cerca de 70 mil prisioneiros por causa do surto de coronavírus no país, disse hoje o chefe do judiciário iraniano Ebrahim Raisi, segundo Mizan, o site de notícias do judiciário.

"A libertação dos prisioneiros, a ponto de não criar insegurança na sociedade ... continuará", disse ele.

Raisi não especificou se ou quando os libertados precisariam retornar à prisão.

A China anunciou hoje mais 22 mortes provocadas pelo novo coronavírus, enquanto o número diário de infecções por covid-19 registrou o menor nível desde o início da compilação de dados em janeiro.

As 22 novas mortes - 21 delas em Hubei, epicentro da epidemia - elevam o número de mortes no país a 3.119. Mais de 80.700 pessoas foram infectadas na China continental.

* Com Reuters e AFP

Coronavírus liga alerta pelo mundo

Internacional