PUBLICIDADE
Topo

Corpo de deputada mexicana é encontrado um mês depois de seu sequestro

Deputada mexicana Anel Bueno (à esquerda) em 2019 - Reprodução/Facebook
Deputada mexicana Anel Bueno (à esquerda) em 2019 Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

04/06/2020 10h13Atualizada em 04/06/2020 15h30

O corpo de uma deputada mexicana foi encontrado em uma cova rasa mais de um mês depois de ter ela sido sequestrada por homens armados.

Anel Bueno, uma deputada do estado de Colima, alertava a população sobre os riscos envolvendo a pandemia do coronavírus.

A parlamentar foi sequestrada em 29 de abril na cidade de Ixtlahuacán, região que abriga os cartéis mexicanos e com as taxas de mortalidade mais alta do país.

O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, informou ontem que um suspeito pela morte da deputada foi preso. Bueno era do mesmo partido que Obrador, o Morena.

"Ainda não sabemos as causas", acrescentou o presidente.

O México já registrou 101.238 casos de coronavírus e 11.728 mortes pela doença. Assim como o Brasil, o país se tornou um dos epicentros da doença na América Latina.

Internacional