PUBLICIDADE
Topo

Eleições Americanas

Conteúdo publicado há
6 meses

Vantagem de Biden para Trump em Nevada cresce e passa de 20 mil votos

2.nov.2020 - Joe Biden, candidato Democrata à presidência do EUA - Drew Angerer/Getty Images
2.nov.2020 - Joe Biden, candidato Democrata à presidência do EUA Imagem: Drew Angerer/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

06/11/2020 14h20Atualizada em 06/11/2020 16h08

O candidato do Partido Democrata à Presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, aumentou sua vantagem no estado de Nevada sobre o atual presidente, o republicano Donald Trump.

ACOMPANHE A APURAÇÃO EM TEMPO REAL

A última atualização na contagem dos votos no Condado de Clark, onde fica a cidade de Las Vegas, apontou para uma vantagem de mais de 20 mil votos para Biden.

Com 92% dos votos estimados apurados, Biden tem 49,8% dos eleitores, enquanto Trump soma 48,1%. O vencedor em Nevada levará os seis votos dos delegados do estado.

O democrata lidera a contagem até agora com 253 delegados contra 214 de Trump — no sistema americano, o que valem são os delegados eleitorais de cada estado, e não o número bruto de votos obtidos. Para vencer, um candidato precisa chegar a 270.

Estado assume erro

Na tarde de hoje, um membro do comitê eleitoral de Nevada veio a público para admitir um erro sobre a contagem dos votos no estado. Ontem, o Condado de Clark havia antecipado que tinha 51 mil votos pré sincronizados para serem contados e divulgados hoje. No entanto, a autoridade local disse que eram na verdade 31 mil votos por causa de um engano sobre alguns votos terem duas páginas em vez de uma.

"O Condado relatou que 51 mil votos pré sincronizados seriam contados ontem, mas na verdade eram páginas. Por isso vimos as atualizações hoje e mostramos 30 mil e não 51 mil, porque eram páginas duplas", explicou o membro do comitê eleitoral. "Os valores estão corretos, só temos que diminuir 21 mil votos por causa dessa duplicação. Esses resultados ainda serão divulgados na íntegra mais tarde", acrescentou.

A autoridade local também disse que agora o estado atualizará a contagem duas vezes por dia, em vez de apenas uma, como vinha fazendo até ontem.

"Todos os votos válidos serão contados. O processo deve acontecer até terça-feira (10). Minha equipe não sairá daqui até que todos os votos que têm que passar pela curadoria sejam contados", concluiu.

Biden vira na Geórgia e na Pensilvânia

Na manhã de hoje, Biden conseguiu passar à frente de Trump em dois estados importantes, a Geórgia e a Pensilvânia.

Estado em que os republicanos tradicionalmente são vitoriosos, a Geórgia conta com 16 delegados. Já a Pensilvânia, que era reduto democrata, ajudou a dar a vitória a Trump em 2016. O estado tem 20 delegados.

Além de Geórgia, Nevada e Pensilvânia, outros três estados ainda têm resultados incertos. Alasca (3 delegados) e Carolina do Norte (15) apontam para vitória de Trump, enquanto o Arizona (11) vai dando vantagem a Biden.

Eleições Americanas