PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

EUA: Escritório lança promoção com divórcio grátis para o Dia dos Namorados

Interessados devem enviar email contando porquê merecem ganhar um divórcio "na faixa" - solidcolours/iStock
Interessados devem enviar email contando porquê merecem ganhar um divórcio 'na faixa' Imagem: solidcolours/iStock

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/01/2021 17h57

O Valentine's Day, comemorado como Dia dos Namorados nos EUA, é uma data especial para casais apaixonados por ser celebrada com jantares românticos e presentes atenciosos. Contudo, o próximo dia 14 de fevereiro também poderá ser motivo de festa para um casal desiludido com o relacionamento.

Isso porque um escritório de advocacia de Crossville, no estado do Tennessee, anunciou uma promoção especial, pensando nas pessoas que não veem o Dia dos Namorados com aquela alegria dos primeiros anos de união, e dará uma representação de divórcio gratuita a um cliente sortudo — ou azarado, dependendo do ponto de vista.

As pessoas interessadas devem enviar por e-mail suas histórias explicando o motivo pelo qual querem ganhar um divórcio, até o dia 15 de fevereiro. O vencedor terá, além dos honorários advocatícios, todas as taxas judiciais bancadas pelo Escritório.

"Muitas pessoas continuam casadas porque não podem pagar. Os divórcios são muito caros. Normalmente o custo começa em US$ 1 mil e nem todo mundo pode desembolsar esse dinheiro", disse Timothy Sexton, paralegal no escritório de advocacia, ao explicar a ideia da promoção à CNN Internacional.

O Escritório Powers estabeleceu apenas três regras para os participantes: o divórcio deve ser acordado por ambas as partes, envolver pouco ou nenhum imbróglio em relação à guarda de filhos e todos os inscritos devem ser residentes do Tennessee.

As inscrições para a promoção já estão abertas e, com isso, o escritório já começou a curadoria de quem merece mais o tão esperado divórcio.

Um casal de idosos com deficiência, separado há 20 anos, que não pode pagar o divórcio por problemas financeiros está entre os inscritos, e é um dos modelos do que o escritório busca.

"Somos uma comunidade muito unida aqui e não gostamos de ver as pessoas sofrerem, então, se há algo que podemos fazer para ajudar alguém, queremos fazer", concluiu Timothy.

Internacional