PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Jovem ridiculariza caso George Floyd em convite a baile: 'me tira o fôlego'

Distrito de ensino abriu investigação sobre caso - Reprodução
Distrito de ensino abriu investigação sobre caso Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/02/2021 17h48

Uma escola de Nevada (EUA) irá investigar uma estudante que posou com um cartaz fazendo piada com a morte de George Floyd, que morreu asfixiado durante abordagem feita por policiais brancos em 25 de maio de 2020, em uma espécie de paquera para convidar pretendente ao baile escolar.

Próximo a uma caricatura alusiva a Floyd estava escrito: "Se você fosse para o Sadies (nome do baile) comigo, isso me tiraria o fôlego", dizia a mensagem segurada pela jovem, que ainda não foi identificada.

De acordo com a NBC News, não dá para dizer quando e onde a foto foi tirada, mas o instituto de ensino Foothill High School e o Clark Country School District abriram uma investigação e repudiaram a ação.

"Foothill e CCSD não irão tolerar comportamentos racialmente insensíveis que contradizem uma comunidade inclusiva e impactem a cultura escolar de nossos alunos", informou por meio de comunicado.

Floyd, um homem negro, morreu após o policial Derek Chauvin se ajoelhar em seu pescoço por vários minutos. Um vídeo mostrou Floyd no chão dizendo repetidas vezes: "Não consigo respirar."

Chauvin e três outros policiais envolvidos foram demitidos do Departamento de Polícia de Minneapolis e indiciados pela morte de Floyd.

Internacional