PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
2 meses

Jovem de 14 anos é acusado de assassinar estudante com espada na Inglaterra

Fares Maatou, de 14 anos, foi morto após receber golpes de espada  - Metropolitan Police
Fares Maatou, de 14 anos, foi morto após receber golpes de espada Imagem: Metropolitan Police

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/04/2021 16h38

Um jovem de 14 anos foi acusado de matar o estudante Fares Maatou, de 15 anos, utilizando uma espada de samurai e um bastão de metal. O crime ocorreu na tarde da sexta-feira (23), do lado de fora da pizzaria Zzetta Soul Fired Pizza, em Londres, na Inglaterra.

Durante uma discussão, a vítima recebeu golpes de espada e foi atingida por um utensílio de metal, que era usado para guardar a arma, de acordo com o site britânico Daily Mail. O estudante ficou ferido no chão com uma lesão de 11 centímetros.

Segundo relatos de testemunhas, Maatou estava montado em uma scooter quando foi atacado. O veículo foi roubado.

Amigos do garoto, um empresário de um estabelecimento próximo e um motorista de entregas da FedEx tentaram ressuscitá-lo antes da chegada de paramédicos.

O jovem foi declarado morto no local e tornou-se o 11º adolescente e o mais jovem a morrer em ataques com punhaladas em Londres neste ano, de acordo com o jornal The Guardian.

Uma investigação para determinar qual foi a motivação do crime ainda está em andamento. Mas um amigo do jovem assassinado contou ao tabloide inglês The Sun que Maatou tentava defendê-lo durante uma briga.

A polícia metropolitana informou que o acusado de assassinar o adolescente tinha histórico criminal de porte de arma ofensiva. O jovem de 14 anos está detido sob custódia e aguarda julgamento, que irá ocorrer no dia 16 de julho, no Tribunal Central Criminal, em Londres.

Além dele, dois garotos de 15 anos estão sob suspeita de envolvimento no crime. Um deles está sob custódia, enquanto outro foi libertado sob fiança.

Internacional