PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Miami: Britânica e família da primeira-dama do Paraguai entre desparecidos

Do UOL, em São Paulo*

25/06/2021 11h06Atualizada em 25/06/2021 11h35

Parentes da primeira-dama do Paraguai e a família de uma britânica estão entre os 159 desparecidos no desabamento parcial de um prédio residencial no condomínio Champlain Towers, em Surfside, nos arredores de Miami, na madrugada de ontem. Hoje, a prefeita Daniella Levine Cava confirmou quatro mortes.

De acordo com o jornal paraguaio "Ultima Hora", Sophia López Moreira, irmã da primeira-dama Silvana Abdo, o marido, Luis Pettengill, os três filhos menores de idade do casal e a babá Leidy Luna Villalba estariam no prédio na hora do desabamento e ainda não foram localizados.

De acordo com o jornal "The Miami Herald", a família de Silvana Abdo, mulher do presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, é proprietária das unidades 703 e 1010 do condomínio. Benítez interrompeu suas atividades para acompanhar as notícias sobre as buscas, enquanto a primeira-dama já embarcou para Miami.

A imprensa inglesa também confirmou que a britânica Bhavna Patel, de 38 anos, está entre os desaparecidos. Um familiar confirmou à Sky News que ela, o marido Vishal Patel, de 42 anos, e a filha de um ano do casal, Aishani Patel, ainda não foram encontradas. Venezuelanos e argentinos também estão entre os desaparecidos.

De acordo com os bombeiros do Condado de Miami-Dade, 55 dos 136 apartamentos colapsaram. As causas do desabamento ainda estão sendo investigadas. Uma moradora relatou ter ouvido estalos no edício na véspera da tragédia.

O prédio tinha 12 andares e havia sido construído no início da década de 1980, em uma área privilegiada e de frente para o mar perto de Miami Beach. O presidente dos EUA, Joe Biden, já declarou emergência, o que permite o envio de ajuda federal para as buscas.

Veja o momento da queda:

*Com infotrmações da Ansa

Internacional