PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
10 meses

Família reencontra gato que estava desaparecido após prédio desabar nos EUA

Binx com uma de suas donas, Tayler, e ao lado, com a voluntária Miranda Peralez, que o encontrou - Reprodução/Facebook
Binx com uma de suas donas, Tayler, e ao lado, com a voluntária Miranda Peralez, que o encontrou Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

12/07/2021 08h42

Uma das famílias que morava no prédio que desabou perto de Miami recebeu uma notícia feliz na última sexta-feira: voluntários que cuidam de animais de rua encontraram um dos gatos da família perto dos escombros do edifício.

Binx, um gatinho preto, vivia com a família González no nono andar do Champlain Towers South. Além dele, a família tinha dois cachorros, Honesty e Daisy, e outro gato chamado Hippo.

Miranda Peralez, da ONG The Kitty Campus, disse que achou Binx "muito amável" para ser um gato de rua quando o encontrou. Sabendo que muitos morados do Champlain Towers estavam procurando por seus animais de estimação, buscou mais informações sobre eles até localizar a família Gonzalez. Ela conta que o gato não queria ir para longe do local do prédio.

"Você precisa de um banho. É disso que você precisa ", disse Tayler ao reencontrar Binx. "Já tínhamos a sensação de que, se um de nossos animais sobrevivesse, seria ele. Estou feliz. Foi uma jornada muito longa nas últimas duas semanas", completou ela.

Tayler não estava no apartamento no dia do desabamento, em 24 de junho. Sua irmã, Deven, de 16 anos, e a mãe, Angela, foram resgatadas com vida e tiveram alguns ferimentos. Já o pai de Tayler, Edgar, continua desaparecido.

Na semana passada os bombeiros encerraram as buscas por sobreviventes. Até agora, 90 corpos foram retirados dos escombros e 31 pessoas ainda estão "potencialmente desaparecidas", de acordo com a prefeitura.

A prefeita do condado de Miami-Dade, Daniella Levine Cava, disse que o reencontro de Binx com a família é um "pequeno milagre" para a comunidade "em meio a esta terrível tragédia".

Internacional