PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
4 meses

Biden diz a Putin que atacar a Ucrânia terá 'custos rápidos e severos'

Presidente dos EUA, Joe Biden - Divulgação
Presidente dos EUA, Joe Biden Imagem: Divulgação

Do UOL, em Brasília

12/02/2022 16h05

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, advertiu o presidente russo, Vladimir Putin, que os Estados Unidos "responderão decisivamente e imporão custos rápidos e severos à Rússia" se o país invadir a Ucrânia. Os dois tiveram uma reunião por telefone por creca de uma hora, hoje, e discutiram o acúmulo de tropas russas no entorno do país vizinho.

Na conversa, Biden destacou que "enquanto os Estados Unidos continuam preparados para se dedicar à diplomacia, em total coordenação com seus aliados e parceiros, estamos igualmente preparados para outros cenários", informou a Casa Branca em nota.

O porta-voz do Pentágono, John Kirby, anunciou hoje que os EUA ordenaram a retirada de quase todos os soldados que mantinham na Ucrânia para "reposicioná-los para outros lugares da Europa".

Os Estados Unidos teriam sido informados de que a Rússia discute iniciar a ação militar na Ucrânia na próxima quarta-feira (16), segundo autoridades ouvidas pelo jornal The New York Times.

Para estas mesmas fontes, porém, é possível que a menção de uma data específica seja parte de um esforço russo de desinformação.

Com informações de AFP e Reuters

Internacional