PUBLICIDADE
Topo

Guerra da Rússia-Ucrânia

Notícias do conflito entre Rússia e Ucrânia


Conteúdo publicado há
1 mês

'Ucrânia pode vencer guerra' com a Rússia, diz secretário-geral da Otan

A ministra das Relações Exteriores da Alemanha, Annalena Baerbock, ao lado do secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg - REUTERS/Michele Tantussi
A ministra das Relações Exteriores da Alemanha, Annalena Baerbock, ao lado do secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg Imagem: REUTERS/Michele Tantussi

Do UOL, em São Paulo*

15/05/2022 11h29

O secretário-geral da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), Jens Stoltenberg, disse que "a Ucrânia pode vencer esta guerra" contra a Rússia. A declaração foi dada pelo diplomata hoje durante reunião da aliança militar do Ocidente em Berlim, na Alemanha.

"A guerra da Rússia na Ucrânia não está indo como Moscou planejou. Ela falhou em tomar Kiev", disse Stoltenberg, que participou do encontro virtualmente, falando de Bruxelas, na Bélgica.

"Os ucranianos estão defendendo bravamente sua pátria. Para ajudá-los, aliados comprometeram e entregaram assistência de segurança à Ucrânia no valor de bilhões de dólares", acrescentou o secretário-geral da Otan.

Stoltenberg ainda falou sobre o anúncio da Finlândia de enviar inscrição para entrar na Otan e afirmou que o bloco está de "porta aberta" tanto para o ingresso dela quando da Suécia. O diplomata considerou a decisão do governo finlandês como "histórica".

O anúncio foi hoje pela Finlândia horas mais cedo, em entrevista coletiva com o presidente, Sauli Niinisto, e a primeira-ministra Sanna Marin, e ocorre na esteira da guerra entre Rússia e Ucrânia. Na última quinta-feira (12), o país já havia dito tinha intenções de ingressar no bloco "sem demora".

Após o anúncio da inscrição de adesão à Otan, a premiê finlandesa disse que "não pode confiar" que haverá um futuro pacífico na próxima Rússia. De acordo com Marin, a medida é necessária ao país para garantir segurança após a invasão russa da Ucrânia.

"Quando olhamos para a Rússia, vemos um tipo de Rússia muito diferente do que vimos há apenas alguns meses", afirmou a primeira-ministra.

EUA vão reabrir embaixada em Kiev 'muito em breve'

Também durante a reunião da Otan, o secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, disse que a embaixada dos EUA em Kiev será reaberta "muito em breve".

Mapa Rússia invade a Ucrânia - 26.02.2022 - Arte UOL - Arte UOL
Imagem: Arte UOL

Blinken também disse que havia apoio "quase geral" dos membros existentes da Otan para a Finlândia e a Suécia se juntarem à organização.

"O governo dos Estados Unidos apoiaria firmemente o pedido de adesão à Otan por parte de Suécia ou Finlândia, caso decidam solicitar formalmente", declarou.

Ele acrescentou que conversou com o ministro das Relações Exteriores da Turquia sobre o assunto e afirmou que o país quer garantias sobre terrorismo e controles de exportação dos países nórdicos. ""Tenho certeza de que vamos alcançar um consenso", disse.

Na última sexta-feira (13), o presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse que não estava analisando "positivamente" a possibilidade de a Finlândia e a Suécia ingressarem na Otan.

O presidente da Finlândia comentou hoje essa declaração do líder da Turquia. "Para ser franco, estou um pouco confuso, porque tive uma conversa por telefone com o presidente Erdogan há aproximadamente um mês. E, de fato, ele assumiu antes que eu tivesse a possibilidade de fazer isso", disse.

* Com informações da AFP