PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Tratador é mordido e morre ao acariciar tigre durante refeição

Família disse a portal que vítima se recusou a amputar o braço em hospital - Reprodução/Youtube
Família disse a portal que vítima se recusou a amputar o braço em hospital Imagem: Reprodução/Youtube

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/06/2022 09h42

O tratador de um tigre-de-bengala morreu na semana passada na cidade de Peribán, no estado mexicano de Michoacán, após ser atacado pelo felino, que fazia sua refeição dentro de seu cativeiro.

José de Jesús, de 23 anos, era o encarregado de cuidar do tigre e de outros animais silvestres na fazenda. No entanto, durante sua rotina de trabalho, na segunda-feira (13), Jesús decidiu acariciar o pescoço do tigre durante a refeição. Ao mesmo tempo, o tratador registrava a cena com o celular. "Quem te ama?", dizia ele, ao animal.

As imagens mostram o felino surpreendendo a ação carinhosa do tratador com uma violenta mordida no braço. Em seguida, é possível perceber uma grande quantidade de sangue no chão, além dos gritos de desespero de Jesús.

De acordo com informações do Infobae, confirmadas pela família, Jesús foi ao hospital, mas se recusou a ter o braço amputado e morreu minutos depois, ao ter um infarto fulminante. A vítima tinha diabetes.

A família de Jesús admitiu que acariciar o animal foi um grande erro, já o dono da fazenda disse que possui autorização da Justiça para manter os animais em cativeiro e assumiu as despesas médicas do tratador.

Internacional