PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Vídeo mostra momento em que cobra morde fotógrafo no olho, nos EUA

Colaboração para o UOL

25/06/2022 04h00

O fotógrafo norte-americano Tom White, autodenominado como "manipulador de répteis exóticos", levou um susto enquanto gravava um de seus vídeos para o Instagram, em que conta com mais de 21,8 mil seguidores, e acabou mordido por uma cobra no olho direito.

Enquanto manipulava uma cobra-do-milharal, espécie comum no sudeste dos EUA, White foi surpreendido pelo bote veloz do réptil, que conseguiu prender seus dentes superiores em sua sobrancelha e os inferiores, na pálpebra inferior de seu olho direito.

No vídeo, é possível notar que o fotógrafo não demonstra qualquer preocupação ou sobressalto. É possível ver também o movimento da mandíbula da cobra, após fixar as presas, mordendo a pele ao redor do olho do fotógrafo.

Nos comentários do vídeo, que chegou a ser compartilhado pelo perfil World of Snakes (Mundo das Cobras, em Inglês), que conta com mais de 1,4 milhão de seguidores, os internautas se dizem preocupados com o fotógrafo. Alguns questionam se ele ficou cego. Mas White tratou de tranquilizar a todos.

"Eu estou perfeitamente bem. Coisas como pânico e hesitação podem potencialmente matar pessoas neste campo. Então é sempre melhor manter a calma", respondeu nos comentários.

A cobra-do-milho ou cobra-do-milharal (Pantherophis guttatus) é uma espécie norte-americana da subfamília Colubrinae que subjuga sua presa por constrição. Pode ser encontrada na região sudeste dos Estados Unidos.

De natureza dócil, quando adultas chegam a um comprimento entre 61 e 182 centímetros. Na natureza, geralmente vivem cerca de 6 a 8 anos, mas em cativeiro podem viver até 23 anos ou mais.

Internacional