'Nosso coração pinga sangue', diz no Senado irmã de desaparecido em Israel

Mary Shohat, irmã do brasileiro-israelense Michel Nisenbaum, fez um apelo emocionado no Senado para que ele seja resgatado entre os reféns do Hamas. Ela afirmou que o coração da família está "pingando sangue" desde o desaparecimento dele.

O que aconteceu

Shohat participou de uma audiência no Senado hoje de manhã para debater a guerra entre Israel e Hamas, onde contou que a vida da família mudou radicalmente.

Ela disse que seu irmão falou com a filha Hen Maluf pela última vez no dia 7 de outubro, data em que começou o conflito, para que ele buscasse a neta que estava na base militar.

Mary Shohat, irmã de desaparecido em Israel, fala em audiência no Senado
Mary Shohat, irmã de desaparecido em Israel, fala em audiência no Senado Imagem: Reprodução

Sem pensar duas vezes, subiu no carro e saiu. A filha tentou telefonar várias vezes, e ele não respondeu. Quem respondeu ao telefone foram os terroristas, que gritaram com ela em árabe.

Nós estamos com uma dor na nossa alma. O nosso coração está pingando sangue. Eu não tenho palavras para poder explicar o que está se passando com toda a nossa família. A nossa mãe, a todo tempo, chora, e ninguém tem palavras para consolá-la.

O aviso que recebemos das autoridades é que o meu irmão provavelmente está sequestrado. Que garantia temos, na família, de que isso é certo? Eu gostaria de pedir, por todas as famílias, a todos os presentes aqui, que, por favor, usem todas as suas relações internacionais para trazer de volta o meu irmão e os outros parentes que estão raptados das outras famílias.
Mary Shohat, irmã do brasileiro-israelense Michel Nisenbaum

Michel Nisenbaum tem dupla nacionalidade. Nascido em Niterói, no Rio de Janeiro, ele morava na cidade de Sderot.

O brasileiro é técnico em computação e, recentemente, terminou um curso de guia de turismo, mas não teve a oportunidade de fazer a prova final para tirar o diploma, segundo sua irmã.

Continua após a publicidade

Pai de duas filhas e avô de cinco netos, Michel convive com diabetes e doença de Crohn. Após o desaparecimento, seu notebook foi localizado em Gaza. O carro dele foi encontrado carbonizado.

Lula recebe familiares de desaparecido

Líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA) afirmou que o presidente Lula está disposto a receber Mary Shohat e Hen Maluf. O encontro foi confirmado pelo Planalto e começou às 15h20.

Tanto para ser uma palavra de conforto, se é que é possível, como também para garantir que a diplomacia e o próprio presidente estão empenhados em achar um caminho para a liberação de todos os reféns.
Jaques Wagner (PT-BA), líder do governo no Senado

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes