Conteúdo publicado há 1 mês

Polícia da Holanda prende Greta Thunberg em manifestação pelo clima

A ativista climática Greta Thunberg foi detida neste sábado (6) pela polícia em uma manifestação pelo clima em Haia, na Holanda.

O que aconteceu

Além de Greta, dezenas de manifestantes que tentavam bloquear uma importante rodovia na cidade holandesa de Haia foram detidos. O grupo foi colocado em um ônibus pela polícia local, segundo as agências de notícias Reuters e AP News.

Os ativistas protestavam contra os subsídios e incentivos fiscais do governo holandês a empresas ligadas a indústrias de combustíveis fósseis.

Antes da manifestação, o grupo The Extinction Rebellion, que organizava o ato, afirmou que centenas de ativistas pretendiam bloquear uma das principais rodovias de Haia. O grupo reconheceu que a presença ostensiva da polícia, que incluía agentes a cavalo, impediu que eles ocupassem o local.

Na sequência, um grupo menor de manifestantes conseguiu bloquear uma outra rodovia local. Pouco depois, os participantes do ato, incluindo Greta, foram detidos pela polícia.

Nos últimos meses, a importante rodovia local A12, que os manifestantes pretendiam ocupar neste sábado (6), já havia sido bloqueada por ativistas do clima em mais de 30 ocasiões. Em protestos anteriores, a polícia holandesa moveu os manifestantes detidos para outra parte de Haia, onde eles foram liberados sem maiores consequências.

*Com informações da Reuters e Ap News

Deixe seu comentário

Só para assinantes