PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro volta a insultar ambientalistas: "Uísque, carpete e cigarrinho"

Hanrrikson de Andrade

Do UOL, em Brasília

06/02/2020 15h04

Pelo segundo dia seguido, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) destilou sua ira contra ambientalistas e, em tom de deboche, declarou hoje que são pessoas que usam paletó e gravata, bebem uísque e ficam "vendo televisão a noite toda".

Na versão dele, os adeptos da causa não teriam vivência prática e contato com a natureza. Alguns, segundo afirmou o mandatário, "vivem de recursos de ONGs de fora do Brasil para exatamente inviabilizar o progresso da região" amazônica.

"Ambientalista de paletó e gravata, uísque, carpete e vendo televisão a noite toda. E também, né, fumando um cigarrinho a noite toda também. Esse pessoal é que é ambientalista."

As declarações foram dadas nesta manhã na saída do Palácio da Alvorada, em Brasília, onde Bolsonaro costuma parar para falar com apoiadores e a imprensa. O ataque a ambientalistas surgiu durante uma conversa com um prefeito que foi ao local para cortejar o presidente.

O chefe do Executivo federal fez uma alegoria e sugeriu que ambientalistas reagiriam de forma afeminada em uma situação de convívio com insetos.

Os insultos se somam a declarações de ontem, quando Bolsonaro disse que, "se pudesse", "confinaria" os ambientalistas na Amazônia, já que "eles gostam tanto de meio ambiente". Isso ocorreu no momento em que ele defendia, durante evento no Palácio do Planalto, a regulamentação da mineração e exploração de recursos em terras indígenas.

O presidente comentava o projeto de lei que ele assinou durante a solenidade dos 400 dias de governo e que e enviou ao Congresso a fim de regulamentar o artigo 231 da Constituição e criar "condições específicas para a pesquisa e lavra de recursos minerais, inclusive a lavra garimpeira e petróleo e gás, e geração de energia hidrelétrica em terras indígenas".

"É um grande passo. Depende do Parlamento. Vão sofrer pressão dos ambientalistas. Esse pessoal do meio ambiente, né... Se um dia eu puder, confino-os na Amazônia. Eles gostam tanto de meio ambiente."

Na visão do mandatário, se "confinados na Amazônia", os ambientalistas "deixariam de atrapalhar" de dentro de "áreas urbanas".

Ouça o podcast Baixo Clero (https://noticias.uol.com.br/podcast/baixo-clero/), com análises políticas de blogueiros do UOL.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Meio Ambiente