Marlene Mattos assessora candidato e diz ser mais difícil que dirigir Xuxa

Janaina Garcia

Do UOL, em Osasco (SP)

  • ADRIANA SPACA/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

    Marlene Mattos, ex-diretora de Xuxa, atua na campanha de Marcelo Cândido (PDT)

    Marlene Mattos, ex-diretora de Xuxa, atua na campanha de Marcelo Cândido (PDT)

Um nome conhecido da televisão brasileira nas décadas de 1980 e 1990 passou a fazer parte, há cerca de um mês, da disputa pelo governo de São Paulo. Marlene Mattos, ex-diretora de programas da apresentadora de TV Xuxa Meneghel, integra a equipe de campanha de Marcelo Cândido (PDT) e nesta quarta-feira (19) era uma das figuras mais ativas nos bastidores do debate promovido por UOL, Folha e SBT entre candidatos da disputa pelo Palácio dos Bandeirantes.

Indagada se é mais difícil dirigir o antigo "Xou da Xuxa" ou uma candidatura que patina no 1% das intenções de voto, Marlene foi taxativa: "Mais difícil assessorar o candidato, sem dúvida", disse ela, que durante o debate não chegou a subir ao palco para dar instruções ao debatedor –tarefa, em geral, de políticos e marqueteiros.

"[Por mim,] Por exemplo, ele não estaria com essa camisa", afirmou Marlene, apontando à peça em tom bege trajada pelo pedetista. "Ela preferia uma camisa branca", arrematou o candidato.

Leia mais sobre o debate UOL/Folha/SBT:

"É algo diferente do entretenimento, mas acredito que tenho a contribuir com a questão comportamental e com o conhecimento. É tudo meio novidade ainda, estou aprendendo, mas conhecimento o candidato tem. Estou aqui porque falei antes com o Marcelo e acho que ele um potencial muito legal", observou. "Gosto de gente que se importa com gente. E ele se importa."

Na campanha de Cândido, que dispõe de econômicos 24 segundos no horário eleitoral, Marlene é multifuncional: dirige programas, dá conselhos sobre outras peças publicitárias e ajuda no treinamento do candidato para debates e entrevistas de TV. No último domingo (16), ela o acompanhou também no debate promovido pelo jornal O Estado de S.Paulo e pela a TV Gazeta.

A candidatura do ex-prefeito de Suzano (SP) ao Palácio dos Bandeirantes ocorreu após o PDT romper o acordo estadual com o PSB e sair da chapa que tenta a reeleição do governador Márcio França.

Nessa terça (18), Cândido teve o registro da candidatura negado pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) com base na Lei da Ficha Limpa. O motivo: ele foi condenado por contratar funcionários sem concurso público, quando era prefeito. Como ainda recorre da decisão, a campanha foi mantida.

"Parece que ele não tem mãe"

"Toda mulher precisa ser respeitada, afinal, é ela que coloca o homem no mundo. Não sei o que um candidato pensa para tratar a mulher da forma como ele trata. Parece até que ele não tem mãe, né?"

A declaração de Marlene Mattos se refere ao candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) e a à mobilização contrária que o candidato do PSL despertou, sobretudo entre as mulheres, nos últimos dias, em grupos temáticos nas redes sociais.

No debate desta quarta entre candidatos ao governo de SP, a mobilização feminina contra Bolsonaro foi mencionada pela candidata Lisere Arelaro, do PSOL, partido de orientação ideológica oposta à do capitão reformado do Exército.

Lisete citou um ato de repúdio a Bolsonaro previsto para ocorrer no dia 29 em São Paulo e se referiu ao presidenciável como "o coiso", em um dos momentos que mais mexeu com a plateia presente ao auditório, em uma gargalhada geral.

Questionada sobre por que, diferentemente de Lisete e de Luiz Marinho (PT), Cândido não abordou criticamente um político que tem sido duramente criticado pelo presidenciável de seu partido, Ciro Gomes, Marlene respondeu que houve "uma decisão de não colocar isso em debate" pela campanha pedetista.

"Não é que o Marcelo não apoie a mobilização [feminina contra Bolsonaro], mas tem que ter oportunidade para discutir isso", afirmou.

Em debate realizado no domingo, promovido por TV Gazeta e O Estado de São Paulo, Marcelo Cândido afirmou que a candidatura de Bolsonaro representa uma "ameaça" para a sociedade brasileira.

Veja a íntegra do 1º bloco (candidatos perguntam entre si)

Veja a íntegra do 2º bloco (jornalistas perguntam a candidatos)

Veja a íntegra do 3º bloco (candidatos perguntam entre si)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos