Topo

Aécio precisa cativar eleitor de São Paulo, diz Aloysio Nunes

Do UOL, em Brasília

14/05/2013 06h00

O senador Aloysio Nunes Ferreira Filho (PSDB-SP) acha que o pré-candidato a presidente pelo seu partido, o também senador Aécio Neves (MG), “precisa conquistar o eleitorado de São Paulo, precisa ter na sua campanha eleitoral, se for candidato a presidente, uma mensagem que cative o eleitorado de São Paulo, o eleitorado do PSDB”.

Eleito em 2010 com 11 milhões de votos, Aloysio Nunes, 68, disse nesta segunda-feira (13.mai.2013) em entrevista ao Poder e Política, programa do UOL e da Folha conduzido pelo jornalista Fernando Rodrigues, que o PSDB “converge para a candidatura de Aécio Neves”, mas não dá essa escolha como fato consumado. Se o mineiro Aécio não for candidato, quem poderia ser? “Há outros nomes bons no partido, mas eu não quero aqui fazer esse tipo de especulação no momento. Mas há muitos nomes”.

 

 

 

 

Em suas declarações, o senador paulista não demonstra grande entusiasmo a respeito da candidatura presidencial de Aécio Neves – mas tampouco produz comentários derrogatórios.

Confrontado com a pouca animação do PSDB de São Paulo sobre a candidatura do seu colega mineiro, Aloysio Nunes responde: “Quem é que está fazendo obstáculo na seção paulista à candidatura do Aécio Neves? Ninguém, rigorosamente ninguém. Algum obstáculo, alguém que diga ‘não quero Aécio Neves, vou me opor a ele, vou à convenção me opor a ele? Ninguém”.

Acesse a transcrição completa da entrevista.

A seguir, vídeos da entrevista (rodam em smartphones e tablets):

1) Quem é Aloysio Nunes? (1:33)
2) Virgílio deve parar striptease político, diz líder do PSDB (1:58)
3) Eleitor tucano está em busca de um partido, diz Aloysio (1:34)
4) Serra é 'reserva da República' e tem o seu tempo, diz Aloysio (2:37)
5) Aécio precisa conquistar o eleitor de SP, diz líder do PSDB (2:36)
6) Alckmin candidato ao Planalto em 2014 é ficção, diz tucano (0:45)
7) Vitória de Renan no Senado foi “cretinismo”, diz tucano (3:00)
8) Campanha não pode girar em torno de aborto e drogas (3:43)
9) Íntegra da entrevista: Aloysio Nunes (1:01:29)

 

Em 14.mai.2013, o senador Aloysio Nunes enviou à reportagem a seguinte carta para corrigir uma declaração que deu na entrevista:

 

"Prezado Senhor Fernando Rodrigues,
 
Na entrevista que lhe concedi ontem, publicada pelo Portal UOL e pelo jornal Folha de São Paulo cometi um grave erro, ao reconstutuir os episódios que levaram à eleição do senador Renan Calheiros (PMDB/AL) à Presidência do Senado Federal.
 
Por um lapso de memória atribuí à bancada do Democratas apoio ao nome do senador, quando a posição do partido, expressa, aliás, pelo líder José Agripino, foi contrária. A bem da verdade, peço ao ilustre jornalista que publique essa retificação".
 
Senador Aloysio Nunes Ferreira (SP), líder do PSDB no Senado"

 

Acompanhe Fernando Rodrigues no Twitter e no Facebook.

Mais Política