Deputados que respondem a ações no STF deram 42% dos votos pró-Temer

Gustavo Maia

Do UOL, em Brasília

Mais de 40% dos 263 deputados federais que votaram para livrar o presidente Michel Temer (PMDB) de um eventual julgamento no STF (Supremo Tribunal Federal) respondem a inquéritos ou são réus em ações penais em andamento na Corte.

Levantamento realizado pelo UOL, com base na pesquisa sobre a situação criminal dos parlamentares no Supremo, divulgada na semana passada pelo site "Congresso em Foco", identificou que 110 parlamentares com alguma pendência na Justiça votaram "sim" ao parecer do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) na sessão desta quarta-feira (2).

O relatório, aprovado na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça da Câmara) no mês passado, recomendou a rejeição da denúncia apresentada pela PGR (Procuradoria-Geral da Republica) contra Temer, pelo crime de corrupção passiva.

Temer agradece decisão da Câmara

Dentre os 227 deputados favoráveis à admissibilidade do processo --que seria analisado pelo STF caso houvesse autorização da Câmara--, 62 são alvos de algum procedimento investigatório no Supremo. Essa quantidade representa 27% do total de votos. Outros seis parlamentares nessa situação faltaram à sessão.

Já o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que responde a dois inquéritos, por corrupção e lavagem de dinheiro, decorrentes da operação Lava Jato, só poderia votar em caso de empate.

Um dos 110 votos contra a denúncia foi do deputado Celso Jacob (PMDB-RJ), dono de uma condição única na Câmara. Desde o último dia 6 de junho, o peemedebista está preso no presídio da Papuda, em Brasília, em regime semi-aberto.

Condenado pelo STF por falsificação de documento público e por dispensar uma licitação em 2003, quando era prefeito de Três Rios (RJ), ele obteve autorização judicial para continuar exercendo seu mandato. Nesta quarta, Jacob usou menos de três segundos para se manifestar sobre a denúncia: "Voto com o relatório da CCJ, voto sim".

Veja abaixo a lista dos investigados pró-Temer (em ordem alfabética):

Adalberto Cavalcanti (PTB-PE)
Adilton Sachetti (PSB-MT)
Aelton Freitas (PR-MG)
Aguinaldo Ribeiro (PP-PB)
Alberto Fraga (DEM-DF)
Alceu Moreira (PMDB-RS
Alfredo Kaefer (PSL-PR)
Alfredo Nascimento (PR-AM)
Altineu Côrtes (PMDB-RJ)
Andre Moura (PSC-SE)
Aníbal Gomes (PMDB-CE)
Antônio Imbassahy (PSDB-BA)
Arthur Lira (PP-AL)
Arthur Oliveira Maia (PPS-BA)
Augusto Coutinho (SD-PE)
Benjamin Maranhão (SD-PB)
Beto Mansur (PRB-SP)
Bruno Araújo (PSDB-PE)
Cabuçu Borges (PMDB-AP)
Cacá Leão (PP-BA)
Carlos Bezerra (PMDB-MT)
Carlos Marun (PMDB-MS)
Célio Silveira (PSDB-GO)
Celso Jacob (PMDB-RJ)
Celso Russomanno (PRB-SP)
Cícero Almeida (PMDB-AL)
Dâmina Pereira (PSL-MG)
Daniel Vilela (PMDB-GO)
Danilo Forte (PSB-CE)
Delegado Éder Mauro (PSD-PA)
Delegado Edson Moreira (PR-MG)
Dilceu Sperafico (PP-PR)
Dimas Fabiano (PP-MG)
Edio Lopes (PR-RR)
Eduardo Da Fonte (PP-PE)
Eli Corrêa Filho (DEM-SP)
Ezequiel Fonseca (PP-MT)
Fábio Faria (PSD-RN)
Felipe Maia (DEM-RN)
Flaviano Melo (PMDB-AC)
Genecias Noronha (SD-CE)
Geraldo Resende (PSDB-MS)
Giuseppe Vecci (PSDB-GO)
Gorete Pereira (PR-CE)
Heráclito Fortes (PSB-PI)
Iracema Portella (PP-PI)
Izalci Lucas (PSDB-DF)
João Carlos Bacelar (PR-BA)
João Paulo Kleinübing (PSD-SC)
Jorge Côrte Real (PTB-PE)
José Carlos Aleluia (DEM-BA)
José Otávio Germano (PP-RS)
José Priante (PMDB-PA)
José Reinaldo (PSB-MA)
Jozi Araújo (Podemos-AP)
Julio Lopes (PP-RJ)
Laerte Bessa (PR-DF)
Lázaro Botelho (PP-TO)
Lindomar Garçon (PRB-RO)
Lucio Mosquini (PMDB-RO)
Lucio Vieira Lima (PMDB-BA)
Luis Tibé (PTdoB-MG)
Luiz Cláudio (PR-RO)
Luiz Fernando Faria (PP-MG)
Luiz Nishimori (PR-PR)
Macedo (PP-CE)
Magda Mofatto (PR-GO)
Maia Filho (PP-PI)
Marco Tebaldi (PSDB-SC)
Marinaldo Rosendo (PSB-PE)
Mário Negromonte Jr. (PP-BA)
Maurício Quintella Lessa (PR-AL)
Milton Monti (PR-SP)
Missionário José Olimpio (DEM-SP)
Nelson Marquezelli (PTB-SP)
Nelson Meurer (PP-PR)
Newton Cardoso Jr (PMDB-MG)
Nilson Leitão (PSDB-MT)
Nilton Capixaba (PTB-RO)
Paes Landim (PTB-PI)
Pauderney Avelino (DEM-AM)
Paulo Feijó (PR-RJ)
Paulo Henrique Lustosa (PP-CE)
Paulo Maluf (PP-SP)
Paulo Pereira Da Silva (Solidariedade-SP)
Pedro Fernandes (PTB-MA)
Pedro Paulo (PMDB-RJ)
Pr. Marco Feliciano (PSC-SP)
Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO)
Raquel Muniz (PSD-MG)
Renato Molling (PP-RS)
Ricardo Teobaldo (Podemos-PE)
Roberto Alves (PRB-SP)
Roberto Balestra (PP-GO)
Roberto Britto (PP-BA)
Roberto Góes (PDT-AP)
Rogério Marinho (PSDB-RN)
Rogério Rosso (PSD-DF)
Rômulo Gouveia (PSD-PB)
Ronaldo Benedet (PMDB-SC)
Ronaldo Nogueira (PTB-RS)
Silas Câmara (PRB-AM)
Simão Sessim (PP-RJ)
Takayama (PSC-PR)
Thiago Peixoto (PSD-GO)
Toninho Pinheiro (PP-MG)
Vinicius Gurgel (PR-AP)
Wladimir Costa (SD-PA)
Yeda Crusius (PSDB-RS)
Zeca Cavalcanti (PTB-PE)

Veja abaixo a lista dos investigados que votaram contra Temer (em ordem alfabética):

Adelson Barreto (PR-SE)
Afonso Hamm (PP-RS)
Alex Manente (PPS-SP)
Andres Sanchez (PT-SP)
Antonio Brito (PSD-BA)
Ariosto Holanda (PDT-CE)
Arlindo Chinaglia (PT-SP)
Arnaldo Faria De Sá (PTB-SP)
Assis Carvalho (PT-PI)
Betinho Gomes (PSDB-PE)
Beto Faro (PT-PA)
Cabo Daciolo (PTdoB-RJ)
Caetano (PT-BA)
Carlos Zarattini (PT-SP)
César Halum (PRB-TO)
César Messias (PSB-AC)
Daniel Almeida (PCdoB-BA)
Décio Lima (PT-SC)
Erika Kokay (PT-DF)
Expedito Netto (PSD-RO)
Helder Salomão (PT-ES)
Irajá Abreu (PSD-TO)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
Jandira Feghali (PCdoB-RJ)
Janete Capiberibe (PSB-AP)
Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE)
Jerônimo Goergen (PP-RS)
João Paulo Papa (PSDB-SP)
José Guimarães (PT-CE)
José Mentor (PT-SP)
Jose Stédile (PSB-RS)
Jutahy Junior (PSDB-BA)
Laura Carneiro (PMDB-RJ)
Luis Carlos Heinze (PP-RS)
Luiz Sérgio (PT-RJ)
Luizianne Lins (PT-CE)
Mandetta (DEM-MS)
Marcio Alvino (PR-SP)
Marco Maia (PT-RS)
Maria Do Rosário (PT-RS)
Miguel Haddad (PSDB-SP)
Miro Teixeira (Rede-RJ)
Nelson Pellegrino (PT-BA)
Onyx Lorenzoni (DEM-RS)
Paulão (PT-AL)
Paulo Magalhães (PSD-BA)
Paulo Pimenta (PT-RS)
Roberto Freire (PPS-SP)
Rocha (PSDB-AC)
Ronaldo Lessa (PDT-AL)
Rubens Otoni (PT-GO)
Sergio Vidigal (PDT-ES)
Subtenente Gonzaga (PDT-MG)
Valmir Assunção (PT-BA)
Vander Loubet (PT-MS)
Veneziano Vital Do Rêgo (PMDB-PB)
Vicente Candido (PT-SP)
Vicentinho (PT-SP)
Waldir Maranhão (PP-MA)
Weverton Rocha (PDT-MA)
Zeca Dirceu (PT-PR)
Zeca Do PT (PT-MS)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos