Topo

Guedes, Maia, Damares e Toffoli desfalcam palanque de Bolsonaro em desfile

Edir Macedo, Jair Bolsonaro, a primeira-dama Michelle, Silvio Santos e Iris Abravanel no desfile de 7 de Setembro em Brasília. Na segunda fila, Davi Alcolumbre, presidente do Senado, e Marcelo de Carvalho, vice-presidente da RedeTV! - Reprodução/NBR
Edir Macedo, Jair Bolsonaro, a primeira-dama Michelle, Silvio Santos e Iris Abravanel no desfile de 7 de Setembro em Brasília. Na segunda fila, Davi Alcolumbre, presidente do Senado, e Marcelo de Carvalho, vice-presidente da RedeTV! Imagem: Reprodução/NBR

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

07/09/2019 10h39Atualizada em 07/09/2019 11h47

No primeiro desfile de 7 de Setembro do governo Jair Bolsonaro, algumas ausências no palanque de autoridades chamaram a atenção de quem acompanhou a data comemorativa.

Entre os ministros, o da Economia, Paulo Guedes, tinha compromissos pessoais no Rio de Janeiro, e a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, está em viagem oficial à Hungria.

Guedes é representado pelo secretário-executivo da pasta, Marcelo Guaranys.

Outra ausência é o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que está em viagem oficial ao Catar. Além dele, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, está na Inglaterra, também em viagem oficial.

Apesar das ausências, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e o primeiro vice-presidente da Câmara, Marcos Pereira (Republicanos-SP), estavam no palanque ao lado de Bolsonaro. No último desfile de 7 de setembro de governo Michel Temer, os presidentes do Senado e da Câmara não foram ao evento.

Além de ministros e parlamentares, o empresário Luciano Hang, dono da rede de varejo Havan, o apresentador Silvio Santos, dono do SBT, e o bispo Edir Macedo, dono da Record acompanharam o desfile cívico ao lado de Bolsonaro.

Mais Política