PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro recebe Maia, fora da agenda, no Alvorada nesta manhã

Guilherme Mazieiro

Do UOL, em Brasília

06/10/2019 11h08

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) dedicou parte da manhã deste domingo para receber o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência em Brasília. O compromisso não constava da agenda oficial de nenhum dos dois.

Os presidentes trataram de assuntos da pauta da Câmara, entre eles a chamada cessão onerosa, que trata da divisão entre os recursos do pré-sal. Em entrevista ao UOL e à Folha publicada hoje, Maia defendeu manutenção de 15% para estados e 15% para municípios.

O tema tem gerado embate entre Câmara e Senado. Os senadores passaram a ameaçar não concluir a votação da reforma da Previdência, já aprovada na Câmara de Deputados, se o governo não cumprir com a promessa de distribuir o valor arrecadado com o megaleilão do pré-sal que ocorrerá nos próximos meses entre estados e municípios.

Não foram divulgados os termos da negociação entre Bolsonaro e Maia hoje. O encontro durou uma hora.

Para Maia, Moro pressiona a democracia. Assista

UOL Notícias

O governo Bolsonaro teve início em 1º de janeiro de 2019, com a posse do presidente Jair Bolsonaro (então no PSL) e de seu vice-presidente, o general Hamilton Mourão (PRTB). Ao longo de seu mandato, Bolsonaro saiu do PSL e ficou sem partido. Os ministérios contam com alta participação de militares. Bolsonaro coloca seu alinhamento político à direita e entre os conservadores nos costumes.