PUBLICIDADE
Topo

Política

Esse conteúdo é antigo

Filha de Olavo vai à casa onde Queiroz foi encontrado: 'Sabia desde 2019'

Heloísa de Carvalho, filha de Olavo de Carvalho, posou em frente à casa onde Queiroz foi encontrado para celebrar a prisão do ex-assessor - Reprodução/Instagram
Heloísa de Carvalho, filha de Olavo de Carvalho, posou em frente à casa onde Queiroz foi encontrado para celebrar a prisão do ex-assessor Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

18/06/2020 18h46Atualizada em 19/06/2020 15h03

Heloísa de Carvalho, filha do escritor Olavo de Carvalho, foi até a casa de onde Fabrício Queiroz foi levado preso nesta manhã, em Atibaia, no interior de São Paulo. Ela posou em frente ao local com uma taça de champanhe para celebrar a prisão do ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ). À CNN Brasil, Heloísa disse que já sabia do paradeiro de Queiroz desde o ano passado.

"Desde abril, maio de 2019, que eu sabia que ele estava aqui. Eu recebi a informação através de um jornalista e descobri que ele vivia neste bairro e nesta casa em Atibaia. Desde o ano passado que eu falava que ele estava aqui", contou a filha de Olavo de Carvalho.

O amigo que a acompanhou, Bruno Maia (também conhecido como Todd Tomorrow), compartilhou uma foto da visita de Heloísa ao local. "Mais um caso resolvido com minha parceira Heloísa de Carvalho", escreveu ele.

Na foto, Bruno e Heloísa aparecem brindando com suco de laranja, uma alusão à suspeita de que Queiroz estaria envolvido em um esquema de "rachadinha" no gabinete de Flávio na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), na época em que ele ainda era deputado estadual.

Mais um caso resolvido com minha parceira Heloisa de Carvalho.

Uma publicação compartilhada por Todd Tomorrow (@toddsampa) em

O amigo de Heloísa, aliás, já havia compartilhado uma foto da fachada do local em seu perfil no Instagram. À época, ele disse que Queiroz tinha ido curtir uma "longa temporada numa casa do meio do nada em Atibaia, que, por coincidência, é de propriedade do sr. Wassef", advogado de Jair Bolsonaro (sem partido) e Flávio Bolsonaro.

"A casa foi transformada em escritório de advocacia no último ano. Será que foi de olho na inviolabilidade que escritórios dessa natureza gozam? Ah, não sei. Só Deus sabe, não é mesmo? Esse dia foi louco, eu e a Heloísa de Carvalho", publicou ele em 20 de maio.

Prisão de Queiroz

Queiroz foi localizado e preso em um imóvel que pertence a Frederick Wassef, que ontem esteve na posse do novo ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD-RN), cerimônia que também contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro.

A prisão de Queiroz é preventiva, ou seja, sem prazo para acabar. No local, policiais também apreenderam objetos como celulares, cartão de crédito e notas de reais.

A mulher de Fabrício Queiroz também teve prisão autorizada, mas não foi localizada até o momento.

Política