PUBLICIDADE
Topo

Política

Esse conteúdo é antigo

Feliciano diz que Mourão é 'conspirador' e 'quer tomar lugar' de Bolsonaro

10.jul.2019 - O presidente Jair Bolsonaro ao lado do deputado federal Marco Feliciano - Evaristo Sá/AFP
10.jul.2019 - O presidente Jair Bolsonaro ao lado do deputado federal Marco Feliciano Imagem: Evaristo Sá/AFP

Do UOL, em São Paulo

14/11/2020 11h12Atualizada em 14/11/2020 11h38

O deputado federal Marco Feliciano (Republicanos-SP) chamou o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) de "conspirador", "oportunista" e ainda insinuou que o general teria o desejo de "tomar o lugar" do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

As críticas do deputado, um dos aliados mais fiéis de Bolsonaro, foram feitas ontem, após Mourão dizer em entrevista à Rádio Gaúcha que a vitória de Joe Biden nas eleições dos Estados Unidos "é cada vez mais irreversível".

"O general Mourão nos vergonha. Conspirador, desde o 1º dia de governo tenta minar autoridade do presidente Jair Bolsonaro fazendo declarações à imprensa desdizendo o presidente. Oportunista, sempre que vê o presidente com flanco aberto, ataca sem piedade. Quer tomar o lugar do chefe", escreveu Feliciano em publicação no Twitter.

O deputado seguiu com as críticas e questionou a lealdade de Mourão ao presidente Bolsonaro.

"Quando eu protocolei pedido de impeachment do general Mourão poucos entenderam. Passados quase 2 anos e muitas traições depois, vejo o quão certo eu estava. Se um homem não consegue ser leal, não precisa ser mais nada. Sigo fechado com meu líder e amigo Bolsonaro", disse Feliciano.

O deputado afirmou ainda que se o vice-presidente não entende que não existe opinião pessoal quando se trata de assuntos de Estado, então ele "não serve para o cargo".

"Mourão diz que reconhece a vitória de Biden como indivíduo. Se com mais de 30 anos de serviço público e sendo general do Exército ainda não entendeu que não existe 'opinião pessoal' em assuntos de Estado quando se é vice-presidente da República, é porque não serve para o cargo", declarou.

Feliciano é cotado para vice de Bolsonaro em 2022

Marco Feliciano é um dos nomes cotados para ser candidato a vice-presidente na chapa de Bolsonaro em 2022. O partido do deputado é o mesmo ao qual estão filiados os filhos do presidente Flávio e Carlos Bolsonaro.

Política