PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Bolsonaro nomeia esposa de líder do governo para conselho de Itaipu

Maria Aparecida Borghetti e Bolsonaro em reunião no dia 22 de abril - Reprodução/Facebook
Maria Aparecida Borghetti e Bolsonaro em reunião no dia 22 de abril Imagem: Reprodução/Facebook

Colaboração para o UOL

06/05/2021 10h28

O presidente Jair Bolsonaro nomeou Maria Aparecida Borghetti para o cargo de conselheira da hidrelétrica de Itaipu. Ela é ex-governadora do Paraná e esposa do líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR). A nomeação foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

Borghetti assume o lugar de Carlos Marun, que teve a exoneração publicada hoje. Marun foi nomeado para o Conselho de Administração pelo ex-presidente Michel Temer e reconduzido ao cargo por Bolsonaro no ano passado.

Em 22 de abril, a ex-governadora teve uma reunião com Bolsonaro em Brasília e publicou uma foto do encontro nas redes sociais. "Estou em Brasília e pude entregar em mãos a réplica do nosso Palácio Garibaldi ao presidente da República Jair Bolsonaro. Agora, um dos símbolos da história de Curitiba estará no Palácio do Planalto, centro de decisões do país!", escreveu.

Borghetti terá mandato na usina de Itaipu até maio de 2024. O conselho é formado por 14 integrantes, sendo sete brasileiros e sete paraguaios. Eles se reúnem seis vezes ao ano e decidem sobre regimento interno, orçamentos, entre outras questões administrativas da hidrelétrica.

Política