PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Flávio Dino, governador do MA, deixa o PCdoB para se filiar ao PSB

Governador do Maranhão, Flavio Dino, pediu desfiliação do PCdoB - Divulgação
Governador do Maranhão, Flavio Dino, pediu desfiliação do PCdoB Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

17/06/2021 14h32Atualizada em 18/06/2021 11h39

O governador do Maranhão, Flávio Dino, anunciou ontem que pediu a desfiliação do PCdoB. O gestor estadual desejou êxito ao partido, mas alegou que uma grande "frente de esperança" é um vetor decisivo para um novo ciclo de conquistas sociais para o Brasil. Hoje, Dino confirmou a informação de que irá se filiar ao PSB, em entrevista ao jornal O Globo.

Entre os fatores apontados por Dino para a troca de filiação está a cláusula de barreira enfrentada pelo PCdoB. Com a cláusula, o partido não terá tempo no horário eleitoral em 2022. A norma impede ou restringe o funcionamento parlamentar ao partido que não alcançar determinado percentual de votos.

Ao O Globo, o governador disse ainda que entre os motivos da saída da antiga legenda é a sua visão sobre a necessidade de haver uma "união de partidos de esquerda".

Acho que minha migração vai nessa direção. Considero que o PSB, neste momento, tem condição de ser polo aglutinador de outros partidos para ser frente política capaz de ajudar a derrotar Bolsonaro. Então, em primeiro lugar, tem o vetor legal; em segundo, o vetor político
Flávio Dino

Dino esteve filiado à legenda partidária por 15 anos, descritos por ele como "acolhida fraterna".

Dino disse ainda que mesmo que o PCdoB tenha visões políticas diferentes da sua, ele reconhece o papel histórico do partido "na defesa de um novo projeto nacional de desenvolvimento" do país.

As informações foram compartilhadas pelo gestor estadual no Twitter. Nos comentários, seguidores começaram a especular qual será o novo partido que abrigará o governador. Em diversos cometários, apoiadores citam o PSB como o partido para o qual Dino irá migrar.

O UOL apurou com pessoas ligadas aos partidos que Dino negociava há cerca de dois anos uma fusão entre PCdoB e PSB. Como não houve uma definição, Dino optou por deixar o PCdoB e a negociação com o PSB envolveria uma possível candidatura para o Senado em 2022.

Com a ida ao PSB, Dino se torna o segundo reforço importante para o quadro do partido neste mês. A sigla já acertou a filiação do deputado federal Marcelo Freixo (RJ), que deixou o PSOL. A sessão de oficialização será transmitida na próxima terça-feira (21) e acontecerá na sede do partido, em Brasília. Freixo se desfiliou do PSOL após 16 anos

Maranhão vai sortear prêmios para vacinados

Como forma de incentivar a imunização com a segunda dose dos imunizantes contra a covid-19, Dino declarou que o estado vai sortear prêmios entre os imunizados. A medida entrará em vigor a partir da próxima semana.

Um primeiro incentivo havia sido criado pela gestão estadual ao distribuir mingau de milho para os maranhenses que se imunizassem contra o coronavírus. A ação integra o que a administração chamou de "arraial da imunização".

Em outras mensagens, seguidores de Dino disseram compreender a boa vontade da "disputa do bem", mas que é "surreal" ter que premiar a população para que ela se imunize com a segunda dose.

Um dos gargalos recentes no processo de imunização do país é a falta de comparecimento dos brasileiros para receberem a segunda aplicação do imunizante.

Política