PUBLICIDADE
Topo

Política

Bolsonaro afeta credibilidade do Brasil, diz ex-ministro Celso Amorim

Colaboração para o UOL

21/09/2021 19h12

O ex-ministro das Relações Exteriores Celso Amorim acredita que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afeta a credibilidade do Brasil. Ao UOL News, Amorim repercutiu o discurso de Bolsonaro na 76ª Assembleia-Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), realizada hoje, em Nova York.

"Não dá para tratar como se fossem coisas ruins dentro de um quadro de normalidade. Não é normal. O Brasil vive hoje uma espécie de catatonia. É uma coisa muito triste, obviamente pode ser corrigida no futuro, mas deixa marcas", disse o ex-ministro.

"Se há uma coisa importante em política externa é a confiabilidade, a credibilidade do país, e Bolsonaro, infelizmente, afeta a nossa credibilidade."

Durante o discurso, o chefe do Executivo atacou a imprensa, criticou as medidas de restrição contra a covid-19 e fez alegações falsas sobre tratamento precoce, agricultura, benefícios sociais e preservação ambiental.

"O Brasil era um país respeitado, aumentou muito a estima e o respeito no governo Lula. Eu fico pasmo diante dessa capacidade de autoisolamento", afirmou Amorim.

O ex-ministro disse acreditar que Bolsonaro vá perder as eleições de 2022 e que não conseguirá dar um golpe. Ele afirmou ainda que esperar que o presidente melhore é uma "fantasia".

Política