PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
3 meses

Com 'explosão' de casos de covid, Renan Calheiros pede outra CPI

Renan Calheiros foi o relator da CPI da Covid - Agência Senado
Renan Calheiros foi o relator da CPI da Covid Imagem: Agência Senado

Do UOL, em São Paulo

28/01/2022 16h02

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) mostrou preocupação com o aumento de casos de covid-19 e as mortes causadas pela doença. Apontando a disseminação da ômicron no Brasil, Calheiros pediu a abertura de outra CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito).

"Diante da sabotagem diária do governo, os novos casos de infecção explodem. Vacinem-se, usem máscara e evitem aglomerações. Há fatos novos e uma outra CPI é necessária", falou. Calheiros foi o relator da CPI da Covid, que correu de abril até outubro do ano passado.

Em meados de janeiro de 2022, o senador já tinha defendido o início de outra comissão parlamentar para investigar a atuação do governo federal no combate à pandemia nos últimos meses.

Desde o fim da primeira CPI, segundo Calheiros, o presidente Jair Bolsonaro (PL) "voltou a delinquir" e, por isso, deve ser investigado novamente. O relatório da CPI da Covid atribuiu 10 crimes a Bolsonaro, incluindo comuns e de responsabilidade.

Na postagem em rede social hoje, o senador repercutiu uma notícia sobre as 662 mortes pelo coronavírus em 24 horas. O número não alcançava um valor tão alto desde o dia 5 de outubro de 2021, quando o registro atingiu 686 óbitos em 24h —foi desconsiderado o cálculo de 12 de novembro, com 612 mortes, porque a data em questão apresentou dados represados.

O Brasil teve 228.972 novos casos conhecidos de covid-19 de quarta para quinta-feira. O número é, pelo segundo dia consecutivo, o maior já registrado em 24 horas desde o começo da pandemia. Os dados são do consórcio de veículos de imprensa, do qual o UOL faz parte.

Política