Conteúdo publicado há 8 meses
OpiniãoPolítica

Reinaldo: Chega de ingenuidade! Episódio fornece discurso à direita

Após o ministro da Justiça, Flávio Dino, negar que tenha recebido a mulher de um líder do Comando Vermelho no Ministério da Justiça, o colunista do UOL Reinaldo Azevedo afirmou durante o programa Olha Aqui! que o Estado brasileiro deve "deixar de lado a ingenuidade".

Chegou a hora de o Estado brasileiro, de qualquer governo, deixar de lado a ingenuidade. O crime organizado está infiltrado em várias instâncias, inclusive no Estado. Não estou dizendo que esteja infiltrado no Ministério da Justiça, só estou dizendo que o crime organizado se desdobra em infiltração de natureza política. (...) vejam o que o jogo do bicho faz no Rio de Janeiro e como se relaciona com a população pobre. Reinaldo Azevedo

Reinaldo também destacou que Flávio Dino "obviamente não recebeu essa senhora", mas ponderou que pessoas ligadas ao Ministério da Justiça devem tomar cuidado com quem se encontram, mesmo que seja em audiências, como foi no caso de Luciane Barbosa Farias, conhecida como dama do tráfico amazonense.

Acho que se aqueles que receberam essa senhora soubessem da vinculação, não a teriam recebido. Não foi nada secreto e escondido porque ela colocou nas redes sociais. Não era uma conspiração, porque se fosse, ela teria escondido. Obviamente Dino não tem nada com isso e não dá para saber quem na ponta do Ministério faz alguma coisa, mas não é possível receber pessoas em postos importantes no Ministério da Justiça que tenham essa vinculação. Reinaldo Azevedo

Ainda durante o programa, o colunista do UOL citou um episódio de quando Jair Bolsonaro era deputado federal e elogiou as milícias para falar sobre a ligação do Estado com o crime organizado. O ex-presidente teria convidado milicianos da Bahia para irem ao Rio de Janeiro, onde seriam bem recebidos. Os bolsonaristas, inclusive, estão atacando Flávio Dino pela presença de Luciane no Ministério da Justiça.

Se alguém tem contato com o crime organizado e tem contato com bandidos é preciso falar com Jair Bolsonaro, porque ele manifestou e vocalizou isso. É preciso falar com Flávio Bolsonaro, que condecorou Adriano de Nóbrega. (...) o crime organizado não é só o crime do traficante, é também o da milícia e cada vez isso mais se mistura. Reinaldo Azevedo

O Olha Aqui! vai ao ar às segundas, quartas e quintas, às 13h.

Onde assistir: Ao vivo na Home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Veja abaixo o programa na íntegra:

Continua após a publicidade

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes