Conteúdo publicado há 3 meses

'Nunca fiz rachadinha', diz Janones após publicação de áudio

O deputado federal André Janones (Avante-MG) rebateu, em nota divulgada nas redes sociais, o áudio divulgado pelo site Metrópoles em que ele aparece pedindo parte dos salários dos assessores lotados na Câmara.

O que aconteceu

Janones classificou a reportagem como "fake news" e disse que a gravação é "clandestina e criminosa". "Um áudio retirado de contexto e para tentar me imputar um crime que eu jamais cometi", escreveu. A gravação, de 2019, foi divulgada hoje.

O parlamentar pediu que o áudio seja divulgado na íntegra e afirmou que nunca adotou a prática conhecida como "rachadinha". "Eu nunca recebi um único real de assessor, não comprei mansões, nem enriqueci e isso por uma simples razão, eu nunca fiz rachadinha".

'Rachadinha'

No áudio, Janones diz que precisa do dinheiro para pagar contas. "Algumas pessoas aqui, que eu ainda vou conversar em particular depois, vão receber um pouco de salário a mais. E elas vão me ajudar a pagar as contas do que ficou da minha campanha de prefeito porque eu perdi R$ 675 mil na campanha".

O deputado afirma na gravação que seu patrimônio foi "dilapidado". "Eu perdi uma casa de R$ 380 mil, um carro, uma poupança de R$ 200 mil e uma previdência de R$ 70 (mil). Eu acho justo que essas pessoas também participem comigo da reconstrução disso. Então, não considero isso uma corrupção".

Em outro momento, Janones cita um dos assessores como exemplo. "O Mário vai ganhar R$ 10 mil [por mês]. Eu vou ganhar R$ 25 mil líquido. Só que o Mário, os R$ 10 mil é dele líquido. E eu, dos R$ 25 mil, R$ 15 mil eu vou usar para as dívidas que ficou [sic] de 2016. Não é justo, entendeu?".

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora