Conteúdo publicado há 19 dias

Sakamoto: Exército soube de operação da PF contra Bolsonaro antes de Lula

O Exército soube antes do presidente Lula (PT) da operação da Polícia Federal que tem como alvo o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), informou o colunista Leonardo Sakamoto no UOL News da manhã desta quinta-feira (8).

Falei com o Palácio do Planalto, que falou que o Lula ficou sabendo da operação quando já estava em andamento. Ou seja, ele não ficou sabendo da operação antes da operação, só agora de manhã, quando já estava em andamento.

Isso significa que o Exército ficou sabendo da ação antes do presidente da República [...] Provavelmente, vai causar um mal-estar, mas para Lula, é abonador a informação, porque bate de frente com o que Bolsonaro acusou o presidente da República, de estar aparelhando as instituições da República.

Confirmado isso, significa que é uma resposta a própria crítica do Bolsonaro.

Ministro da Defesa foi informado antes, diz Tales

Múcio e comandantes do Exército e da Marinha souberam ontem da operação. O ministro da Defesa, José Múcio, e os comandantes do Exército, general Tomás Ribeiro Paiva, e da Marinha, Marcos Sampaio Olsen, foram informados na noite desta quarta-feira (7) de que haveria uma operação de busca e apreensão contra militares na manhã de hoje.

Os nomes envolvidos na operação, no entanto, só foram revelados hoje. A informação foi passada pelo próprio Múcio ao colunista Tales Faria.

Operação mira núcleo de Bolsonaro

A Operação Tempus Veritatis (hora da verdade, em tradução do latim) investiga um grupo formado por ex-assessores, ex-ministros e militares por tentativa de golpe de estado após as eleições presidenciais. Foram expedidos ao todo 33 mandados, sendo 16 contra militares de diferentes patentes.

Continua após a publicidade

Jair Bolsonaro é um dos alvos da operação. Os agentes foram à casa do ex-presidente em Angra dos Reis (RJ) para recolher o passaporte dele. Como o documento não estava no local, foi dado o prazo de 24 horas para a entrega.

Ex-ministros de Bolsonaro são alvos de busca e apreensão. Entre os nomes estão Augusto Heleno, Anderson Torres e Paulo Sérgio Nogueira.

O coronel Marcelo Costa Câmara e Filipe Martins, ex-assessores de Bolsonaro, foram presos. A PF também prendeu Rafael Martins de Oliveira, major do Exército.

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Continua após a publicidade

Veja a íntegra do programa:

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes