Conteúdo publicado há 1 mês
OpiniãoPolítica

Tales: Ministério envelheceu; está na hora de mexer em quem causa mal-estar

Lula precisa rejuvenescer seu quadro de ministros e, diante do desejo de promover uma segunda reforma, precisa afastar aqueles que lhe trazem dor de cabeça, avaliou Tales Faria no UOL News desta sexta (5). O colunista citou o caso do ministro das Comunicações Juscelino Filho, suspeito de desvio de verba pública,

O ministério envelheceu. Normalmente, isso acontece após o primeiro ano de governo, quando ocorre uma reforma ministerial mais ampla. O que ele mudou no primeiro ano foi muito pouco.

Agora está na hora de dar uma mexida, especialmente em nomes que trazem mal-estar e más notícias ao governo, como é o caso, por exemplo, do Juscelino Filho. Não sei se Lula terá condições de mexer nele, mas é provável que sim.

Lula quer aproveitar para preparar o relacionamento com o Congresso no segundo semestre, quando Arthur Lira começará a campanha pelo sucessor dele. O presidente terá que redefinir a base de sustentação do governo com o Lira. É preciso colocar gente que melhore a articulação política para o Planalto. Tales Faria, colunista do UOL

Tales considera um erro de Lula a provável mudança na presidência da Petrobras, com Aloizio Mercadante como favorito para o lugar de Jean Paul Prates, que pediu uma conversa definitiva com o presidente.

Mexer no Prates é um grande erro do Lula. A visão que Lula tem da Petrobras é a mesma do Mercadante, com a qual a esquerda concorda plenamente, mas não o mercado. Prates serve um pouco para esse meio-campo: ele é petista, mas com uma visão do setor energético. É um problema mexer nele a esta altura. Tales Faria, colunista do UOL

Josias: Antes de reforma ministerial, Lula precisa fazer autocrítica

Lula deveria refletir sobre os rumos do seu governo antes de pensar em fazer uma segunda reforma ministerial, disse Josias de Souza. Na visão do colunista, o presidente deveria enxergar que ele mesmo faz parte das dificuldades enfrentadas pelo seu próprio governo.

Continua após a publicidade

O ministério precisa de ajustes. Quem está informando isso é a sociedade brasileira por meio de pesquisas. O presidente corre o risco de chover no molhado com essa segunda reforma se não recorrer a um instrumento que parece indisponível na caixa de ferramentas do Palácio do Planalto: a autocrítica. O problema do governo não se restringe ao desempenho dos ministros; é também o Lula, que está governando com os olhos voltados para o retrovisor. Josias de Souza, colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes