Conteúdo publicado há 2 meses

Gilmar diz que Moraes tem sido 'ponderado' e critica falas de Musk

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), disse que o seu colega, ministro Alexandre de Moraes, alvo de críticas de bolsonaristas, tem sido "ponderado" em suas decisões. Ele também criticou declarações feitas pelo bilionário Elon Musk.

O que aconteceu

Gilmar Mendes saiu em defesa de Moraes, ao dizer, em entrevista à rádio CBN, na manhã de hoje, que o colega no STF tem sido bastantes cauteloso. O ministro reiterou que é preciso um pouco mais de calma para avaliar o embate entre Alexandre de Moraes e Elon Musk, bilionário e dono do X.

Eu não conheço todos os detalhes deste embate, mas todos nós sabemos que o ministro Alexandre Moraes tem sido bastante ponderado. Pelo que eu entendi o empresário anunciou que iria descumprir decisões. Eu também não as conheço, não. Não sei que decisões foram tomadas para que houvesse exclusão de conteúdo do Twitter e que decisões então estariam em dias de ser descumpridas. Preciso que a gente avalie isto num contexto mais amplo. Acho que tem muita espuma em torno dessa temática no momento. Gilmar Mendes, em entrevista à rádio CBN

Durante a entrevista, Gilmar também criticou falas feitas pelo bilionário e defendeu a regulação das redes sociais.

Nós vimos que na imputações feitas pelo Elon Musk, me parece que havia Muita confusão sobre eleições, sobre falsidade das eleições, coisas que todos vocês sabem que não ocorreram. De modo que me parece que ali há uma pode ter informações, mas também há um surto, né? Que nós temos que temperar. Ministro do STF ao criticar declarações feitas por Musk

"Mas acredito que você tem razão, nós estamos carentes de uma regulação das redes sociais do país do tamanho do Brasil, a amplitude que nós usamos. É preciso ter regras sobre esse tema", concluiu.

Entenda o caso

Musk atacou Moraes em publicações no X e insinuou fechar o escritório da rede no Brasil. Empresário questionou ministro do porquê de "tanta censura no Brasil". Ele fez o comentário em uma postagem no perfil oficial do ministro.

Continua após a publicidade

Moraes é relator de inquéritos sensíveis no STF e presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O ministro é autor de uma série de despachos que suspenderam perfis, nas redes sociais (entre elas o X), de investigados por suposta disseminação de desinformação e ataques às urnas eletrônicas.

X disse que foi forçado, através de decisões judiciais, a "bloquear determinadas contas populares no Brasil". A plataforma informou que comunicou os donos das contas que tiveram que tomar essas medidas, mas declarou não saber as motivações pelas quais as ordens de bloqueio foram emitidas pela Justiça. Os nomes das contas afetadas não foram divulgados.

O empresário pediu a renúncia ou impeachment de Moraes e o chamou de 'Darth Vader do Brasil'. Em uma postagem, ele disse que vai "revelar" como as decisões de Moraes supostamente "violam" as leis brasileiras.

Após os ataques, Moraes determinou a abertura de inquérito pela PF para apurar a conduta do empresário. O documento exige a apuração em relação aos crimes de obstrução à Justiça, inclusive em organização criminosa, e incitação ao crime. O ministro também exigiu a inclusão de Musk como investigado no inquérito das milícias digitais.

Deixe seu comentário

Só para assinantes