Conteúdo publicado há 1 mês
OpiniãoPolítica

Sakamoto: Cúpula do Congresso não quer trocar Juscelino; governo é refém

O governo Lula está nas mãos de nomes da cúpula do Congresso Nacional que não demonstram interesse na troca do ministro das Comunicações, Juscelino Filho, disse o colunista Leonardo Sakamoto no UOL News desta quinta (13).

A Polícia Federal indiciou Juscelino por suspeita de corrupção e organização criminosa. Lula afirmou que conversará com o ministro, que tem direito de provar que é inocente".

Lula tem poder e foi eleito democraticamente para tomar essa decisão [demitir Juscelino]. Mas o governo está em um momento extremamente sensível. Uma ala do centrão quer mais recursos; outra está pressionando para tomar decisões com relação à eleição nas presidências das Casas. E o bolsonarismo está aproveitando para transformar tudo no 'quanto pior, melhor'.

Está acontecendo muita coisa e o governo está no córner e com popularidade baixa, menos por conta de PIB, receita, renda e desemprego e mais pela inflação.

O [colunista] Josias [de Souza] falou do Elmar Nascimento e Efraim Filho [líderes do União Brasil na Câmara e no Senado], mas eu também colocaria [o senador] Davi Alcolumbre e Arthur Lira, que são próximos do Juscelino. Não estamos falando apenas do União Brasil, mas de uma cúpula do Congresso que não quer vê-lo substituído. Leonardo Sakamoto, colunista do UOL

Para Sakamoto, o governo Lula se tornou refém das lideranças do Congresso e do centrão, o que dificulta a tomada de uma decisão quanto ao destino de Juscelino Filho.

Lula tem todo direito e legitimidade para fazer essa troca, mas está compartilhando poder com esses outros nomes e eles não querem. Fica aquela situação de querer bater de frente em um momento no qual ele precisa mais deles do que o inverso. Ou seja: é o governo sequestrado. Leonardo Sakamoto, colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Continua após a publicidade

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes