PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: Unicamp, ESPM e Cásper Líbero suspendem atividades

Do UOL, em São Paulo

12/03/2020 11h01

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), a ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing) e a Faculdade Cásper Líbero informaram hoje que vão suspender suas atividades por alguns dias por causa da pandemia do novo coronavírus.

"Em virtude da pandemia de coronavírus, estão suspensas de 13 a 29 de março todas as atividades da Unicamp. Serão mantidas apenas as atividades essenciais, a ser definidas e informadas à comunidade pelo comitê de crise criado pela Reitoria", informou a universidade em comunicado divulgado no Instagram.

O informe acrescenta que todas as viagens de professores e funcionários da universidade estão suspensas, assim como o recebimento de visitantes.

Já a ESPM supendeu as aulas de hoje até o dia 20 de março. "Até agora temos conseguido manter nossos campi em São Paulo, Rio, Porto Alegre e Florianópolis livres de casos confirmados de Coronavírus. (...) Mas, ao que tudo parece, o nível de contaminação tende a se acelerar nos próximos dias. E isso aumenta nossa preocupação com a saúde de nossos estudantes, professores e funcionários", diz o comunicado divulgado pela instituição.

Além da suspensão das aulas, os professores trabalharão de casa e ficarão responsáveis por informar os alunos sobre atividades acadêmicas. Funcionários vão trabalhar nos campi em números reduzidos e as aulas de pós-graduação e extensão serão feita on-line a partir do dia 16.

A direção determinou a suspensão das aulas presenciais da Faculdade Cásper Líbero em todos os cursos de graduação, a partir da noite de hoje até o próximo dia 20 de março.

"Solicitamos a todos aguardarem os comunicados específicos que as coordenadorias de ensino irão emitir, orientando como tal dinâmica será implantada em cada curso", informou a faculdade, que avaliará na próxima semana medidas futuras serão tomadas em decorrência da evolução da epidemia.

Ontem, a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (Universidade de São Paulo) confirmou que um aluno do curso de Geografia testou positivo para o coronavírus, mas disse que "manterá suas aulas e demais atividades enquanto aguarda a manifestação da Superintendência de Saúde da USP e o Centro de Gestão do Coronavírus no Estado de São Paulo, que vão estabelecer os protocolos necessários à segurança de todos".

O Ministério da Saúde informou na manhã de hoje que subiu para 60 o número de casos confirmados de covid-19 no pais. O número de casos suspeitos é de 930, e outros 947 casos já tiveram a suspeita descartada.

Coronavírus liga alerta pelo mundo

Saúde