PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

SP: Toque de restrição de Doria começa das 23h às 5h; saiba o que muda

Carolina Marins

Do UOL, em São Paulo*

26/02/2021 18h05

Começa a valer a partir das 23h de hoje o "toque de restrição" imposto pelo governo de São Paulo. A medida visa impedir as aglomerações nas ruas, já que as atividades não essenciais só estão liberadas até as 22h. A determinação valerá até 14 de março.

Na prática, não haverá mudanças para comércios e serviços não essenciais que já estão funcionando em horário determinado: das 6h às 22h. O que muda, segundo o governo estadual, é a fiscalização de eventos nas ruas e festas clandestinas.

Durante a vigência da restrição, os estabelecimentos e casas que estiverem promovendo festas dentro do horário restrito serão multados. Pessoas reincidentes na circulação das ruas sem justificativa também serão multadas, salvo por motivos de trabalho ou saúde.

Os motoristas e transeuntes das 23h às 5h serão abordados por algum agente do estado para alertá-los dos riscos. Em um primeiro momento, só serão dadas uma advertência e a orientação de retornar para casa. Se a pessoa for pega pela segunda vez, será multada em torno de R$ 525 a cada reincidência.

Reuniões privadas com mais de dez pessoas também não serão permitidas. Segundo publicação no Diário Oficial de hoje, "a polícia do estado de São Paulo poderá determinar a dispersão de aglomerações, sempre que constatar reunião de pessoas capaz de aumentar a disseminação da covid-19".

Segundo o governo, haverá mil funcionários da Vigilância Sanitária para essas operações na madrugada em todo o estado. Também haverá contingente da Polícia Militar e do Procon, mas não foi informado o número total. O tamanho das blitze vai depender das denúncias e dos registros de aglomerações em cada cidade.

Para os outros horários do dia, continuam valendo as regras do Plano SP em cada região. Hoje, a Grande São Paulo e outras cinco regiões regrediram de fase. O município de São Paulo e a região metropolitana se encontram agora na fase laranja, a segunda mais restritiva.

Veja em que fase está cada região:

  • Fase vermelha: Araraquara, Barretos, Bauru, Marília, Presidente Prudente e Ribeirão Preto;
  • Fase laranja: São Paulo e região metropolitana, Campinas, Franca, Registro, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, Sorocaba e Taubaté;
  • Fase amarela: Araçatuba, Baixada Santista e Piracicaba.

Possível colapso do sistema

O toque de restrição foi anunciado na última quarta-feira (24) pelo governo estadual devido à lotação dos leitos de UTI (Unidades de Terapia Intensiva) no estado. Atualmente, há diversas unidades de saúde com 100% de ocupação dos leitos de UTI destinados à covid-19.

No estado todo, a taxa atual de ocupação é de 69%, com 6.767 pacientes internados. Segundo o Centro de Contingência, nesse ritmo, o estado teria um colapso do sistema de saúde em 22 dias, caso não fossem adotadas medidas adicionais.

A situação do interior é a que mais preocupa. Algumas cidades, como Araraquara, chegaram a determinar "lockdown" para tentar reduzir a transmissão do vírus. São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, também anunciou nesta semana toque de recolher entre 22h e 5h e adiou a volta às aulas presenciais, que seriam no dia 1º de março.

* Colaboraram Leonardo Martins, Lucas Borges Teixeira, Rafael Bragança, Allan Brito e Douglas Porto.

Coronavírus