Suspeitos do atentado de Boston pensavam em ir para Nova York

Em Boulder (Colorado)

NOVA YORK, 24 Abr 2013 (AFP) - Os dois suspeitos dos atentados na Maratona de Boston pensavam em ir para Manhattan depois das explosões, informou o chefe da polícia de Nova York, Ray Kelly, citando o depoimento de uma testemunha aos investigadores.

Segundo Kelly, o motorista de um carro roubado por Tamerlan e Dhzojar Tsarnaev na noite de quinta-feira em Cambridge (perto de Boston) ouviu os dois irmãos de origem chechena mencionar a palavra "Manhattan".

"Estavam falando em russo ou checheno, um idioma que o motorista não entendia. Mas ele acha que ouviu a palavra 'Manhattan'", afirmou Kelly.

Pouco depois de ouvir essa conversa, o motorista conseguiu fugir dos suspeitos, que foram localizados pela polícia, dando lugar a um tiroteio que culminou na morte de Tamerlan, de 26 anos. Dhzojar, de 19 anos, foi capturado horas mais tarde.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos