PUBLICIDADE
Topo

Incêndio florestal na China deixa 19 mortos, maioria bombeiros

Bombeiros tentam combater incêndio na província de Sichuan, sudoeste da China - AFP
Bombeiros tentam combater incêndio na província de Sichuan, sudoeste da China Imagem: AFP

31/03/2020 06h09

Dezoito bombeiros e um guarda-florestal morreram em um grande incêndio na província de Sichuan, sudoeste da China, anunciaram as autoridades locais nesta terça-feira.

O incêndio começou na segunda-feira na região montanhosa de Sichuan com uma ameaça direta à segurança da cidade de Xichang, que fica a 2.2 quilômetros de Pequim, informou a prefeitura.

As imagens exibidas nos canais de TV mostram enormes colunas de fumaça sobre as montanhas que cercam a cidade de meio milhão de habitantes.

Até o momento as autoridades não anunciaram as circunstâncias exatas das mortes.

O governo municipal informou que quase 900 bombeiros participam no combate às chamas e que 1.200 moradores abandonaram suas residências. Também foram mobilizados quatro helicópteros e mais de 140 veículos do corpo de bombeiros.

A luta contra o fogo prosseguia nesta terça-feira.

Vários incêndios foram registrados nos últimos dias no sul Sichuan, assim como na província vizinha de Yunnan, segundo a agência estatal Xinhua.

Em abril de 2019, 27 bombeiros morreram em um incêndio florestal na mesma região, quando uma mudança repentina na direção do vento criou uma bola de fogo que avançou contra os trabalhadores.

lxc/rox/bar/sbr/hh/ahg/fp

Internacional