PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Mais de 400 migrantes são resgatados por ONGs no Mediterrâneo

ONGs resgataram mais de 400 migrantes a bordo de uma embarcação de madeira no Mediterrâneo central na madrugada de sábado (31) - REUTERS/Darrin Zammit
ONGs resgataram mais de 400 migrantes a bordo de uma embarcação de madeira no Mediterrâneo central na madrugada de sábado (31) Imagem: REUTERS/Darrin Zammit

01/08/2021 10h17

Mais de 400 migrantes a bordo de uma embarcação de madeira foram resgatados por três ONGs no Mediterrâneo central na madrugada de sábado (31), o que leva o total de pessoas resgatadas neste fim de semana para quase 600, anunciou a SOS Méditerranée.

"O resgate realizado em águas internacionais foi perigoso, a grande embarcação de madeira em que se encontravam mais de 400 pessoas estava enchendo de água", explicou uma porta-voz da ONG europeia SOS Méditerranée, fretadora do "Ocean Viking", o navio que realiza as operações de resgate.

Os trabalhos se prolongaram até o amanhecer e os migrantes foram resgatados por três navios: o "Nadir", da ONG ResQship; o "Sea-Watch 3", da organização Sea-Watch e o "Ocean Viking". No final, foram reunidos nessas duas últimas embarcações.

Essa foi a quinta operação de resgate do "Ocean Viking" desde sábado. O navio, que resgatou 196 em diferentes operações na costa da Líbia, leva 449 resgatados a bordo. Entre eles, 28 mulheres - duas delas grávidas - e 81 menores, dos quais 66 não estavam acompanhados.

Segundo a Organização Internacional para Migrações (OIM), ao menos 1.146 pessoas morreram no mar no primeiro semestre de 2021, durante sua arriscada travessia para a Europa.

Internacional