Conteúdo publicado há 1 mês

Erupção de vulcão na Indonésia faz milhares de pessoas deixarem suas casas após alerta de tsunami

Um vulcão entrou em erupção em uma região remota do norte da Indonésia, o que obrigou centenas de pessoas a abandonar a área nesta quarta-feira (17), depois que a montanha expeliu lava e uma gigantesca nuvem de fumaça, indicaram as autoridades. Houve alerta de potencial tsunami.

"Com base em observações visuais e de instrumentos que mostraram um aumento da atividade vulcânica, o nível [de alerta] do monte Ruang foi elevado do nível 3 para o nível 4", declarou Hendra Gunawan, diretor da agência vulcanológica da Indonésia, em um comunicado emitido nesta quarta.

As autoridades também ampliaram a zona de exclusão no entorno da cratera de quatro para seis quilômetros.

O monte Ruang, um vulcão localizado na província de Sulawesi do Norte, entrou em erupção às 21h45 (10h45 de Brasília) de terça-feira e e teve outras duas erupções na madrugada desta quarta, informaram as agências de vulcanologia e geologia.

Não há informações sobre mortos ou feridos pela erupção, mas mais de 800 pessoas foram evacuadas de dois vilarejos da ilha de Ruang para uma ilha vizinha, indicou a agência estatal Antara.

Gunawan advertiu aos moradores que permanecessem "alertas diante da possível expulsão de fragmentos de rocha, descargas de nuvens quentes e tsunamis causados pelo colapso do corpo do vulcão no mar", diz o comunicado.

A primeira erupção gerou uma coluna de cinzas de dois quilômetros e depois o vulcão expeliu materiais que alcançaram uma altura de 2,5 quilômetros, informou Muhamad Wafid, diretor da agência de geologia, em um comunicado.

Na terça-feira, a agência de vulcanologia alertou que a atividade do monte Ruang havia aumentado após dois terremotos registrados nas últimas semanas.

O estratovulcão, cuja cratera está situada a 725 metros de altitude, fica mais de 100 quilômetros ao norte da capital provincial de Sulawesi do Norte, Manado.

Continua após a publicidade

A Indonésia conta com cerca de 130 vulcões ativos e registra atividade sísmica e vulcânica com frequência, pois está situada no "Círculo de Fogo do Pacífico".

Deixe seu comentário

Só para assinantes