Conteúdo publicado há 1 mês

OMS aprova vacina simplificada contra cólera frente a escassez

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta sexta-feira (19) que aprovou uma versão simplificada de uma vacina oral contra a cólera, para aumentar a produção e enfrentar o aumento do número de casos.

A vacina Euvichol-S é uma fórmula simplificada da Euvichol-Plus, com menos compostos, o que deve permitir produzir mais rapidamente volumes importantes, informou a OMS. O composto é produzido pelo grupo sul-coreano EuBiologics e tem eficácia semelhante a das formulações mais complexas.

"A nova vacina é o terceiro produto da mesma família de vacinas que temos para a cólera em nossa lista de pré-qualificação da OMS", disse Rogério Gaspar, diretor do departamento de regulação da agência de saúde da ONU.

A cólera é contraída por meio de uma bactéria transmitida pela água ou por alimentos contaminados e causa diarreia e vômito, que geram uma desidratação que pode ser fatal, principalmente em crianças. Nos últimos anos, houve uma explosão de contágios em nível mundial, com 473 mil casos em 2022, o dobro de 2021. Segundo dados preliminares, houve 700 mil casos em 2023.

Embora a oferta mundial de vacinas tenha se multiplicado na última década, a demanda crescente gerou escassez, e 23 países reportam casos de cólera atualmente.

Para enfrentar o aumento dos casos, a OMS passou a recomendar uma dose da vacina, em vez de duas.

Deixe seu comentário

Só para assinantes