Últimas pesquisas nos EUA mantêm vantagem de Hillary em nível nacional

  • Justin Sullivan/Getty Images/AFP

    A candidata democrata Hillary Clinton discursa durante campanha em Kent, Ohio

    A candidata democrata Hillary Clinton discursa durante campanha em Kent, Ohio

Washington, 6 nov (EFE).- As últimas pesquisas nos Estados Unidos, faltando dois dias para as eleições presidenciais, dão à candidata democrata, Hillary Clinton, uma vantagem de entre 3 e 5 pontos sobre o republicano Donald Trump.

Apesar da redução considerável da vantagem que a ex-secretária de Estado desfrutava há pouco mais de uma semana, Trump segue sem ser capaz de superar seu teto de 43%, o que revela o fato de o magnata não estar conquistando o voto dos eleitores indecisos.

Uma pesquisa divulgada neste domingo, realizada entre os dias 1º e 4 de novembro para o jornal "Washington Post" e a emissora "ABC News", dá a Trump 43% das intenções de voto, contra 48% de Hillary.

Já o levantamento realizado pela revista "Politico" e a empresa de consultoria Morning Consult situam o apoio de Trump em 42%, enquanto a ex-primeira-dama tem 45% em nível nacional, segundo uma pesquisa conjunta realizada na sexta-feira e no sábado.

Outra pesquisa publicada hoje e realizada conjuntamente para o jornal "Wall Street Journal" e o canal "NBC News" mostra um apoio em nível nacional de 44% para Hillary e 40% para Trump.

A média das principais pesquisas realizada pelo site "RealClearPolitics", que também leva em conta os candidatos dos partidos minoritários, os Libertários e Verdes, situa o apoio a Hillary em 44,9% e o de Trump em 42,7%.

Trump não conseguiu superar em quase todas as pesquisas o limite de 43% das intenções de voto, o que revela sua incapacidade de conquistar apoio para além de seu núcleo de fiéis seguidores e dos republicanos que optam pelo voto anti-Hillary, apesar de não simpatizarem com as ideias e o comportamento do magnata.

Os dados em nível nacional, apesar de não representarem o peso específico de cada estado no sistema de Colégio Eleitoral, são um indicador de como a preferência do eleitorado está evoluindo no conjunto do país e indicam que os indecisos não estão indo para o lado de Trump.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos