México, Chile, Bolívia e Nicarágua acompanharão eventual diálogo na Venezuela

Santo Domingo, 14 set (EFE).- O México, Chile, Bolívia e Nicarágua integrarão uma comissão de acompanhamento para as conversações de um novo diálogo entre o governo da Venezuela e a oposição e que irão retomar no próximo dia 27, informou na quinta-feira, o presidente da República Dominicana, Danilo Medina, anfitrião dos contatos.

Medina também revelou que essa comissão de acompanhamento "provavelmente" se adicionada a outros dois países.

No final do encontro, que durou mais de 10 horas no meio de um grande hermetismo, Medina revelou que as conversas dos representantes do governo venezuelano e a oposição para um novo diálogo continuarão no próximo dia 27, após o término de dois dias de reuniões em Santo Domingo.

"A reunião de ontem foi boa e a de hoje foi melhor; avançamos na agenda dos grandes problemas da Venezuela", disse Medina, ao mesmo tempo que anunciou a integração desses quatro países da região ao processo.

Por sua vez, o representante do governo da Venezuela nas conversas, Jorge Rodríguez, afirmou que esta é a oportunidade "mais firme e clara" da que foi protagonista a busca por uma solução na crise venezuelana.

Rodríguez confirmou que "concordamos o acompanhamento de alguns países neste diálogo em que avançamos em pontos importantes da agenda de trabalho e já nos convocamos para o dia 27 deste mês aqui em (República) Dominicana".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos