Combates entre EI e rebeldes sírios matam dezenas perto da Turquia

John Davison

Em Beirute

Os embates entre o Estado Islâmico (EI) e os rebeldes sírios perto da fronteira com a Turquia já mataram dezenas de pessoas nos últimos dois dias, depois que os combatentes do EI prosseguiram com ofensiva militar que lhes garantiu ganhos territoriais, afirmou um grupo de monitoramento neste sábado.

Os combatentes do EI entraram na cidade de Marea, que é controlada por rebeldes, bem cedo neste sábado, usando pelo menos dois carros-bomba no ataque, e os confrontos se arrastaram por horas, afirmou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, que fica na Inglaterra.

Na sexta-feira, os jihadistas haviam conquistado outra cidade controlada por rebeldes, Azaz, isolando assim Marea, no que foi o maior avanço territorial dos membros do Estado Islâmico na província de Aleppo em dois anos, segundo o Observatório.

O Estado Islâmico tem lutado contra facções rebeldes que combatem sob a bandeira do Exército Livre da Síria desde o ano passado, mas os confrontos se intensificaram ainda mais nas últimas semanas.

Os combates nos últimos dois dias mataram pelo menos 27 civis e 41 combatentes, de acordo com o Observatório.

A coalizão liderada pelos EUA que luta contra o Estado Islâmico informou que realizou ofensivas aéreas em alguns postos do EI em cidades que os jihadistas haviam conquistado.

Paralelamente a isso, a coalizão está apoiando os rebeldes, inclusive os da poderosa milícia curda YPG, em uma ofensiva contra o EI na zona rural ao norte da província vizinha de Raqqa, que é a província-natal da capital de fato do grupo, a cidade Raqqa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos